conteúdos
links
tags
Entrevistas
Estudantes internacionais, Eniz Oliveira
“Sempre pensei realizar pós-doutorado fora do meu país"
Eniz Oliveira
Eniz Conceição Oliveira, 55 anos, doutorada em Química Ambiental e professora no Centro Universitário UNIVATES, na cidade de Lajeado, no Estado do Rio Grande do Sul, chegou à UA em janeiro deste ano para passar a primeira de duas temporadas na instituição e assim finalizar o seu pós-doutoramento sobre a relação existente entre os livros didáticos de Química no Ensino Secundário, no Brasil e em Portugal, e um currículo com orientação em Ciência, Tecnologia e Sociedade.

Foi através de um colega, que também desenvolveu o seu pós-doc na UA, que tomou conhecimento da instituição e considerou a hipótese de se dedicar apenas ao estudo de questões pertinentes à Educação num contexto social. “Sempre pensei realizar pós-doutorado fora do meu país e quando completei 15 anos de Universidade tive direito a uma licença de um semestre letivo, sem prejuízo de vencimentos”, esclarece, acrescentado estar a viver uma “experiência ímpar”, pois longe do seu país e grupo de pesquisa “me vejo trabalhando com investigadoras com trajetórias e histórias de vida muito diferentes das minhas”.

Eniz rapidamente ultrapassou os iniciais constrangimentos burocráticos relacionados com a sua acomodação na cidade. Aprecia a segurança e beleza de Aveiro, bem como a facilidade de comunicação e a maneira ágil como as solicitações na Universidade de Aveiro são resolvidas, dando como exemplo o facto de ter sido suficiente solicitar por e-mail o desenvolvimento da sua investigação no Centro de Investigação Didática e Tecnologia na Formação de Formadores (CIDTFF) do Departamento de Educação e Psicologia. “Além de ter me sentido muito acolhida pelos profissionais que aqui trabalham, a UA é uma Universidade muito bem estruturada, que tem cursos reconhecidos a nível internacional, nas mais variadas áreas”. 

imprimir
tags
veja também
 
outras notícias