conteúdos
links
tags
Conferências
No Dia Mundial da Ciência pela Paz e pelo Desenvolvimento
Competências transversais para a cidadania “glocal” em debate na UA
No Dia Mundial da Ciência pela Paz e pelo Desenvolvimento, 10 de novembro, a Provedoria do Estudante da UA promove o encontro "Universidade, Ciência, Cultura e Cidadania" para refletir sobre a missão da universidade e competências transversais para a cidadania “glocal” (global e local). Na iniciativa, agendada para as 18h00, na Sala de Atos Académicos da UA, intervêm Adriano Moreira, Joana Pontes, do Projeto Tampinhas – Cidadania ativa, e Jorge Regufe, do Núcleo de Eng.ª Mecânica da Associação Académica da UA.

Encontro "Universidade, Ciência, Cultura e Cidadania"

 

Sessão de abertura
Manuel António Assunção | Reitor da Universidade de Aveiro
André Reis | Presidente da Associação Académica da Universidade de Aveiro
Carlos Ferreira | Presidente da Associação dos Antigos Alunos da Universidade de Aveiro
Alexandre Cruz | Provedor do Estudante da Universidade de Aveiro


Comunicações
Adriano Moreira | Academia das Ciências de Lisboa
Joana Pontes | Coordenação Projeto Social Tampinhas – Cidadania ativa
Jorge Regufe | Coordenador do Núcleo de Eng.ª Mecânica da AAUAv


Moderação
Gonçalo Paiva Dias | Vice-Reitor da Universidade de Aveiro

OnCidadaniUA

Desde o ano 2006 que o PROJETO TAMPINHAS – CIDADANIA ATIVA promove em muitas localidades a recolha de tampinhas, transformando-as em ajudas técnicas de material ortopédico para apoio de instituições sociais do município de Ílhavo. A participação cívica gerada nesta dinâmica socialmente inovadora proporcionou, nesta década do projeto, a recolha de mais de 40 toneladas de tampinhas que “valem cadeiras de rodas!”.

Viu a líder fundadora do Tampinha Solidária, Joana Pontes, no ano 2013 a sua exemplaridade cívica reconhecida, entre outros, pelo município de Ílhavo e pela presidência da Assembleia da República. À dimensão social alia-se cada vez mais a vertente ambiental e cultural, como um novo desafio que abre a oportunidade da transformação (não só de tampinhas mas) de todo o plástico de garrafas, através de um sistema técnico de prensagem.

Associa-se ao projeto o NÚCLEO DE ENGENHARIA MECÂNICA DA AAUAV, na procura da criação do sistema tecnológico e mecânico correspondente. Tornam-se parceiros, no ideal solidário e ambiental, o NÚCLEO MÃO ACADÉMICA DA AAUAV e o NÚCLEO DE ENGENHARIA DO AMBIENTE DA AAUAV. A recolha operacionalizada no Campus Exemplar da Universidade de Aveiro e na Cidade pretende que a transformação do plástico resulte em apoios complementares para o Banco de Ajudas Técnicas do CHBV (Centro Hospitalar do Baixo Vouga), coordenado pela sua LIGA DOS AMIGOS (LAHDA) em parceria com o Serviço Social do CHBV e com o apoio do NÚCLEO ASSOCIATIVO DE ESTUDANTES DA ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO. No aprofundamento d’A Missão (de cidadania) da Universidade, em rede participante e cooperante transferimo-nos para a sociedade exemplar!

imprimir
tags
evento relacionado
 
outras notícias