conteúdos
links
tags
Cultura
De 16 a 20 de setembro, na Reitoria e no Centro Cultural e de Congressos de Aveiro
UA organiza I Congresso Internacional de Música Electroacústica de Aveiro
O compositor John Chowning marcará presença no EAW 2015
Os compositores John Chowning, conhecido como ‘o pai do sintetizador digital’, e Jean-Claude Risset, um dos grandes impulsionadores mundiais da música produzida por computador, vão estar presentes no I Congresso Internacional de Música Electroacústica de Aveiro - Electroacoustic Winds 2015 (EAW 2015). Da responsabilidade da Universidade de Aveiro (UA) e da associação Arte no Tempo, o evento, que tem dia 16 de setembro, às 21h30, o concerto de estreia na Reitoria, quer transformar a cidade de Aveiro na capital nacional da música electroacústica.

Além de Chowning e de Risset, outros nomes incontornáveis na área como Daria Semegen, Ludger Brümmer, Michael Iber, Luís Antunes Pena, António Sousa Dias, Miguel Azguime, Flo Menezes e Alexander Mihalic vão igualmente estar em Aveiro.

O Centro de Investigação em Música Electroacústica da UA (CIME), através do Instituto de Etnomusicologia Centro de Estudos em Música e Dança (INET-md), propõem um conjunto de ações de formação para músicos e técnicos e, para um público mais abrangente, conferências e concertos.

Deste modo, a organização, encabeçada por Isabel Soveral, docente no Departamento de Comunicação e Arte e diretora do CIME, acredita cumprir o duplo propósito de incentivar a investigação e a partilha de conhecimento e, simultaneamente, divulgar e fazer fruir um género musical de que o público se encontra ainda pouco próximo, perseguindo a ideia de que “é no confronto com objetos artísticos do mais elevado interesse que se conquista um novo público”.

Como primeiro congresso, aponta Isabel Soveral, “apostou-se em convidar figuras incontornáveis na evolução da tecnologia musical como os ‘dinossauros’ John Chowning ou Jean-Claude Risset, com extraordinários contributos para a evolução da música por computador”.

Este congresso conta ainda com comunicações de vários especialistas na área da tecnoclogia da música- umas com abordagens mais teóricas, outras de teor mais prático. Entre outros, estarão presentes oradores como Michael Iber, Ludger Brümmer, António Sousa Dias, Flo Menezes, Alexander Mihalic, Miguel Azguime e Luís Antunes Pena, apresentando o resultado das suas investigações nas áreas da sonificação, composição algorítmica, espacialização, síntese, interacção imagem-som  e composição e ruído.

Concerto de estreia na Reitoria

A cerimónia de abertura do EAW 2015 terá lugar dia 16 de setembro, às 21h30, no Auditório da Reitoria da UA, com um concerto em que serão apresentadas obras mistas [música com instrumentos acústicos e electroacústica] de Jean-Claude Risset, de Isabel Soveral, de Petra Bachratá, de Michal Rataj, de Núria Giménez-Comas e de Alessandro Perini, na interpretação de Monika Streitova (flauta), Henrique Portovedo (saxofone) e Pedro Rodrigues (guitarra). A estreia testemunhará também o lançamento de um CD da conferência. 

Este concerto trará também a primeira apresentação em Portugal do SAMPO- um dispositivo electrónico criado por Alexander Mihalic para facilitar a interpretação de música mista, sem que o intérprete tenha que recorrer a assistentes.

As novidades não se esgotam na apresentação do SAMPO e de um programa composto por algumas estreias nacionais. No âmbito do EAW 2015, a editora Capella lança na estreia do congresso um álbum duplo discográfico com sete obras electroacústicas de compositores portugueses e outras tantas de compositores estrangeiros, várias das quais disponíveis em CD pela primeira vez. Entre estas estreias discográficas encontram-se “The Other Isherwood” (2015), de Jean-Claude Risset- que John Chowning designa como “uma obra poderosa (...) em que o som electrónico constitui um hábil compêndio das técnicas e processos musicais do conjunto da obra de Jean-Claude Risset”- e “Arabesque” (1992), de Daria Semegen, somando ao cartaz a única gravação comercial actualmente disponível da mítica “Phone” (1981), de John Chowning.

O EAW 2015, entre outras entidades, conta com o apoio da Fundação Luso Americana, das empresas AvanTools e Media dell’arte, do Grupo Alboi e da Câmara Municipal de Aveiro.

Todas as informações sobre o programa do EAW 2015 podem ser vistas em http://eaw.web.ua.pt/

imprimir
tags
evento relacionado
 
outras notícias