conteúdos
links
tags
Publicações
Festas S. Paio da Torreira aproximam-se e celebram vivência entre mar e Ria
UA constrói estudo sobre a identidade da Murtosa
Investigadores da UA publicam brochura sobre património cultural da Murtosa
As Festas de S. Paio da Torreira, das mais afamadas e concorridas da região marinhôa, decorrem de 4 a 8 de setembro e constituem um evento de celebração da identidade da Murtosa que passa inevitavelmente pelo e mar e Ria. Em momento de celebração da identidade daquele concelho, leituras que ajudam a caraterizar essa identidade despertam mais interesse. É o caso do estudo “Murtosa, coração da Ria de Aveiro – Peixes, Cultura e Turismo”, editado pela Câmara Municipal da Murtosa no final de 2014 e construído a partir dos conhecimentos da Universidade de Aveiro (UA) nas áreas da Biologia, Turismo e Estudos Culturais.

Desenvolvido no âmbito do projeto “Promoção dos Recursos Endógenos da Ria: Elaboração de Estudos”, adjudicado pela Câmara Municipal da Murtosa à UA, o estudo “Murtosa, coração da Ria de Aveiro – Peixes, Cultura e Turismo”, foi editado pela autarquia da Murtosa em outubro de 2014.

A edição foi coordenada por José Eduardo Rebelo, professor do Departamento de Biologia da UA, e teve ainda autoria de Maria João Carneiro, professora do Departamento de Economia, Gestão e Engenharia Industrial, Maria Manuel Baptista, professora do Departamento de Línguas e Culturas, e as investigadoras Ana Paula Abreu, Cátia Lucinda Silva, Marília Durão e Uiara Martins. A estrutura do trabalho inclui capítulos sobre a biodiversidade de peixes e outras espécies, património cultural associado à pesca, atrações culturais e infraestruturas, equipamentos e serviços de apoio à atividade turística.

Como não poderia deixar de ser, numa recolha sobre elementos da cultura e do património deste município, teriam de figurar as Festas de S. Paio da Torreira, “uma das principais, senão a principal festa da região de Aveiro”. No texto refere-se a origem da devoção a S. Paio, ou antes, S. Pelágio, martirizado em Córdova no século IX, quando tinha apenas 13 anos, mas também a tradição, hoje em desuso, de banhar a imagem do santo em vinho. Hoje em dia, a Festa de S. Paio inclui missa, procissão, fogo-de-artifício no mar e na Ria, corridas de bateiras à vela e chinchorros, concurso de rusgas e regata de moliceiros, para além de atuações musicais. Na edição deste ano, atuam Lucas e Matheus (dia 5), Sérgio Rossi (dia 6) e Toy (dia 7).

Mais informações sobre as Festas de S. Paio da Torreira: http://www.cm-murtosa.pt/Templates/GenericDetails.aspx?id_object=7947&divName=116s154s4&id_class=4 .

imprimir
tags
outras notícias