conteúdos
links
tags
Conferências
Dia 4 de abril no DBio
Palestra “Impacto da introdução de tartarugas exóticas em habitats naturais”
Vasco Cruz
O “Impacto da introdução de tartarugas exóticas em habitats naturais” é o título de uma palestra que vai ser proferida por Vasco Cruz, ecólogo e fotógrafo de natureza e da vida selvagem. A palestra realiza-se no anfiteatro do Departamento de Biologia (DBio), dia 4 de abril, às 17h00, integrada na unidade de formação Seminários II do Curso de Formação em Ilustração Científica (CFIC), ministrado no DBio.

Esta comunicação vai centrar-se no caso da expansão de Tartarugas-da-Flórida (Trachemys ssp.) em território nacional e no projeto LIFE-Trachemys, que decorreu em Portugal e Espanha nos últimos três anos e onde se procurou testar métodos de captura e erradicação de tartarugas exóticas, bem como estratégias de educação ambiental com vista a prevenir a libertação destes animais. 

Este evento destina-se ao público em geral e a todos os docentes/investigadores e alunos interessados.

Durante os dia de sexta-feira, das 14h00 às 20h00, e sábado, todo dia, decorre ainda um seminário prático dedicado à ecologia, morfologia de anfíbios e répteis, focado sobre os métodos e técnicas de observação e representação (ilustração herpetológica) corretas destes vertebrados (etologia, posturas e enquadramentos). Esta formação teórico-prática é restrita apenas aos alunos do CFIC.

Vasco Cruz tem desenvolvido projetos na área da conservação e divulgação da biodiversidade em particular relacionados com anfíbios, répteis e os habitats de que estes animais dependem. Como investigador do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto (CIBIO – UP) participou num projeto de conservação de habitats prioritários e criação de micro-reservas com o objetivo de preservar as populações de anfíbios da Paisagem Protegida do Litoral Sul de Vila do Conde e Reserva Ornitológica de Mindelo e em projetos de conservação/sensibilização como a campanha “Charcos com Vida” ou a exposição “Anfíbios – Uma pata na água outra na terra”. Desenvolve ainda um projeto de divulgação da herpetofauna nacional intitulado Anfíbios & Répteis de Portugal, assente nas novas plataformas de comunicação on-line, palestras, ações de formação e exposições dinamizadas um pouco por todo o país.

imprimir
tags
evento relacionado
 
outras notícias