conteúdos
links
tags
Concursos e Prémios
WATGRID e MeshApp garantiram lugar na final do concurso Building Global Innovators
MIT e ISCTE distinguem projetos com chancela UA
Concurso Building Global Innovators distingue projetos made in UA
O projeto WATGRID, dinamizado por docentes e investigadores da Universidade de Aveiro (UA), e o MeshApp, que integra na sua equipa antigos alunos da academia, foram dois dos grandes vencedores da Semifinal do concurso Building Global Innovators, nas categorias Cidades Inteligentes e Outros Produtos e Serviços. Os dois projetos arrecadaram um prémio de 100 mil euros cada. Para além destes prémios foram ainda distinguidos, com menção honrosa, três projetos dinamizados por membros da UA: Endeavour Lab, BikeEmotion e The Smart Tongue.

O WATGRID pretende fornecer soluções para a rede de distribuição de água doméstica em cidades ou ambientes rurais. A grande mais-valia da solução é a possibilidade de saber em tempo real a quantidade e qualidade da água por cada habitação. Com esta solução é possível gerir melhor os desperdícios de água a nível mundial, permitindo poupanças de água nas empresas distribuidoras de até 50 por cento.

A MeshApp deu a conhecer uma nova aplicação para computadores, telemóveis e tablets que funciona como agregador de informação, que permite reunir numa única página o conteúdo e as interações das contas nas redes sociais, feeds de notícias e e-mails.

A Endeavour Lab, empresa sediada na Incubadora de Empresas da Universidade de Aveiro (IEUA), apresentou um sensor de captura 3D para a reabilitação motora de pacientes que sofreram um AVC.

O BikeEmotion é um projeto desenvolvido pela Ubiwhere e a Micro I/O (Empresas IEUA Graduadas) em cooperação com a UA e a Ponto C, que visa desenvolver um sistema de quarta geração de partilha social de bicicletas, equipado com a mais moderna tecnologia de localização, pagamento e reserva de bicicletas, mantendo a simplicidade de utilização.

The Smart Tongue apresentou um sensor eletrónico para degustação e controlo de alimentos. A concurso estava ainda a Be.uBi (Empresa IEUA), a competir na categoria de Tecnologias de Informação, Internet e Produtos, com o projeto Software with Emotion, uma solução para a otimização de experiências de compra.

A acompanhar a WATGRID e a MeshApp concorrem ainda, ao grande prémio final, os projetos Cucco (Brasil), um motor de agendamento online e o GlucoWise  (Reino Unido, Portugal e Grécia), um dispositivo não-invasivo que mede os níveis de glicose dos diabéticos através de sensores no lóbulo da orelha.

Esta é já a quarta edição do concurso Building Global Innovators que, este ano, recebeu 97 candidaturas de 418 profissionais oriundos de 17 países. O vencedor vai ser conhecido a 27 de fevereiro.  

imprimir
tags
outras notícias