conteúdos
links
tags
Bolsas
Candidaturas disponíveis
Bolsas para o INESC Porto
O Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores do Porto (INESC Porto) abriu concurso para mestres em várias áreas e no âmbito de vários projetos. As candidaturas decorrem durante os meses de setembro e outubro.

Os interessados devem consultar as referências abaixo.

Referência: AE2013-0093 (SELF-PVP - UTM) Contexto do projeto: O trabalho a realizar insere-se nas atividades do projeto SELF-PVP: Gestão auto-organizada de potência numa central de produção de energia fotovoltaica.

Referência: AE2013-0095 (CNG-1 - UTM) Contexto do projeto: O trabalho a desenvolver no âmbito desta bolsa compreende a investigação e desenvolvimento de tecnologia para manipulação e transmissão de sinais vídeo 3D e metadados associados. Pretende-se avançar trabalho que se encontra já em desenvolvimento, com o objetivo de implementar um protótipo de um serviço de vídeo 3D (multi-vista) a pedido, personalizado.

Referência: AE2013-0096 (STAMINA - ROBIS) Contexto do projeto: Sistemas para manipulação móvel para operações de manipulação na indústria automóvel. O Bolseiro será enquadrado nos trabalhos desenvolvidos na unidade ROBIS dentro projeto europeu FP7 STAMINA que está focado no desenvolvimento de uma plataforma robótica para manipulação móvel de componentes para as linhas de montagem na indústria automóvel em parceria com o grupo PSA- Peugeot Citroen.

Referência: AE2013-0097 (MASSIVE - USIG) Contexto do projeto: O projeto MASSIVE pretende investigar sobre a forma de integração dos 5 sentidos em ambientes virtuais. Para o efeito, recorrerá a casos de estudo baseados em treino de situações de risco, procurando encontrar equivalências percetuais para o conjunto dos sentidos. De forma a medir o impacto que cada um dos sentidos tem sobre a experiência no ambiente virtual, a avaliação será conduzida através de métricas objetivas, como sejam o ritmo cardíaco e da respiração e a condutância da pele. Serão, também, utilizadas métricas subjetivas como, por exemplo, questionários, que atestam se a experiência é imersiva ou não.

Referência: AE2013-0098 (CARLoS - ROBIS) Contexto do projeto: Sistemas para manipulação móvel em ambiente semiestruturado para operações de soldadura e pintura para a indústria naval. O Bolseiro
será enquadrado nos trabalhos desenvolvidos na unidade ROBIS dentro projeto europeu FP7 CARLoS que está focado no desenvolvimento de uma plataforma móvel para efetuar operações de soldadura e marcação em interiores de navios.

Referência: AE2013-0099 (MASSIVE - USIG)  Contexto do projeto: O projeto MASSIVE pretende investigar sobre a forma de integração dos 5 sentidos em ambientes virtuais. Para o efeito, recorrerá a casos de estudo baseados em treino de situações de risco, procurando encontrar equivalências percetuais para o conjunto dos sentidos. De forma a medir o impacto que cada um dos sentidos tem sobre a experiência no ambiente virtual, a avaliação será conduzida através de métricas objetivas, como sejam o ritmo cardíaco e da respiração e a condutância da pele. Serão, também, utilizadas métricas subjetivas como, por exemplo, questionários, que atestam se a experiência é imersiva ou não.

Referência: AE2013-0100 (MASSIVE - USIG) Contexto do projeto: Atualmente, os ambientes virtuais estão a tornar-se numa peça importante nas aplicações centradas no utilizador, onde se inclui o treino,
design, entretenimento, etc. Com o projeto MASSIVE pretende-se conseguir reproduzir ambiente s e experiências imersivas percetualmente equivalentes às reais, o que inclui a interação com os referidos ambientes. Para que a imersividade seja elevada, tanto a variedade de modalidades (visual, sonora, etc.) como a qualidade da interação possibilitada (a sua naturalidade, precisão, etc.) são bastante importantes. Pretende-se com esta bolsa investigar diferentes aspetos e desafios da interação multimodal principalmente com os ambientes virtuais imersivos disponibilizados pelo sistema MASSIVE, bem como com o sistema propriamente dito.

imprimir
tags
outras notícias