conteúdos
links
tags
Conferências
De 15 a 17 de setembro no edifício da Reitoria
Mapeamento de habitats marinhos reúne investigadores europeus na UA
Mapeamento de habitats marinhos reúne investigadores europeus na UA
De 15 a 17 de setembro realiza-se a conferência final do “MeshAtlantic – Mapeamento de habitats marinhos no espaço Atlântico, para uma gestão sustentável”, um projeto desenvolvido ao longo dos últimos três anos, por um conjunto de 14 entidades parceiras. A Universidade de Aveiro também participa e acolhe a conferência final que vai trazer a debate os temas relacionados com a gestão e mapeamento de fundos marinhos.

A sessão inclui apresentações por oradores convidados e por membros do projeto relativas aos resultados obtidos. Contudo, serão também aceites outras comunicações dentro da temática da conferência. Os tópicos a abordar podem ser detalhadamente conhecidos no endereço: www.MeshAtlantic.eu

“Mapeamento de habitats marinhos: o passado e o presente” é o tema central dos trabalhos do primeiro dia, que trazem à UA os investigadores Craig Brown (McGregor GeoScience Limited, Canadá) e Alan Stevenson (British Geological Survey, Reino Unido). No dia 17, Lene Buhl-Mortensen (Institute of Marine Research, Noruega) and Vladimir Kostylev (Geological Survey of Canada - Atlantic, Canadá) presidem às sessões plenárias alusivas ao tema “fundos marinhos: mapeamento de habitats como ferramenta de gestão e planeamento marítimo”.

Os organizadores prevêem a publicação de um volume especial de revista científica indexada com artigos apresentados na conferência, após processo usual de revisão por pares, de modo a encorajar a participação nesta reunião científica.

Informações complementares podem ser encontradas na página oficial do MeshAtlantic ou pedidas através do e-mail: project@meshatlantic.eu

Sobre o projeto:
O projeto MeshAtlantic pretende compilar informação georrefereciada sobre os habitats marinhos, para apoiar a definição de políticas e a implementação de diretivas relativas ao meio marinho. Essa informação servirá depois para construir mapas harmonizados de habitats marinhos para o Espaço Atlântico, enquanto promove o respetivo uso e serve a comunidade em geral.

Os produtos-chave do projeto consistem em três conjuntos distintos de mapas harmonizados no seio do EA: um mapa global preditivo dos habitats marinhos resultante da compilação de dados oceanográficos e de tipo de fundo, disponível nos vários países; mapas existentes que carecem de aperfeiçoamento e harmonização e mapas especificamente produzidos para um conjunto de sítios pertencentes à rede Natura 2000.

Estes resultados serão disponibilizados livremente através de um portal, interativo, de mapeamento. O projeto será executado em estreita colaboração com os utilizadores do meio marinho, que desenvolvam atividades nomeadamente no uso sustentável dos seus recursos.

O projeto integra 14 parceiros de Portugal, Espanha e França, entre universidades, institutos e centros de investigação. A UA participa através do Departamento de Biologia e das unidades de investigação CESAM e GEOBIOTEC.

imprimir
tags
evento relacionado
 
outras notícias