conteúdos
links
tags
Distinções
Nuno Lopes, diretor do DECivil, e Hugo Rodrigues, investigadores do RISCO, vencem prémio jovem investigador
Investigação em Mecânica Aplicada e Computacional vale prémio à UA
Nuno Lopes
Nuno Lopes, diretor do Departamento de Engenharia Civil (DECivil) e membro da Unidade de Investigação Riscos e Sustentabilidade na Construção (RISCO) da Universidade de Aveiro (UA), venceu o Prémio Jovem Investigador Prof. João Martins em Mecânica Aplicada e Computacional 2018. O prémio foi atribuído em ex-aequo com Hugo Rodrigues, docente do Instituto Politécnico de Leiria, que é também investigador do RISCO, sediado no DECivil.

Nuno Lopes e Hugo Rodrigues juntam-se assim aos investigadores Gil Andrade-Campos, Robertt Valente e Filipe Teixeira Dias, os três do Departamento de Engenharia Mecânica da UA, que nos últimos anos receberam também este prémio atribuído anualmente pela Associação Portuguesa de Mecânica Teórica, Aplicada e Computacional (APMTAC). O galardão visa reconhecer o currículo científico em qualquer área da Mecânica Aplicada e Computacional.

“Senti-me bastante honrado pela atribuição do Prémio, que se deveu em grande medida ao trabalho de equipa desenvolvido pelos diferentes investigadores que têm colaborado no Laboratório de Estruturas e Resistência ao Fogo (LERF), liderado pelo Professor Paulo Vila Real”, congratula-se Nuno Lopes.

Engenheiro civil pela UA e com Doutoramento Europeu também pela UA, Nuno Lopes tem trabalhado na área da resistência ao fogo de estruturas metálicas, contribuindo para o desenvolvimento de propostas de cálculo de elementos estruturais em aço e em aço inoxidável em situação de incêndio, com aceitação da comunidade científica internacional, sendo já prevista a implementação de algumas destas propostas na nova geração dos Eurocódigos Estruturais (Normas Europeias para projeto de estruturas de edifícios).

O diretor do DECivil tem participado em diversos projetos europeus e nacionais de investigação, de onde se destaca o StaSteFi “Dimensionamento ao fogo de elementos estruturais em aço inoxidável”, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), de que é o investigador responsável.

Sendo Presidente da Sub Comissão SC1 “Segurança em edifícios” da Comissão Técnica Portuguesa de normalização CT 46 “Segurança contra incêndios e símbolos gráficos”, Nuno Lopes é também membro da SC3 “Eurocódigo 3: projeto de estruturas de aço” e do Grupo de Trabalho Horizontal GTH “Fogo, relativo às partes 1.2 dos Eurocódigos” ambos da CT115 “Eurocódigos Estruturais”. É ainda diretor da Metálica, revista trimestral da Associação Portuguesa de Construção Metálica e Mista da qual é secretário da direção.

imprimir
tags
outras notícias