conteúdos
links
tags
Desporto
Uma medalha de ouro e duas de prata marcam feito inédito da AAUAv
Francisca Damas da AAUAv vence Campeonato Nacional Universitário de Judo
AAUAv conquista uma medalha de ouro e duas de prata nos CNU2019 de judo
Maria Francisca Damas, na categoria de -63Kg, arrecadou o título de Campeã Nacional Universitária 2019, enquanto Emanuel Martins e Tiago Amaral conquistam medalha de prata. Este feito inédito da academia aveirense, vem reforçar o estatuto da equipa no panorama nacional. Castelo Branco foi a cidade escolhida para acolher, a 7 de abril, o Campeonato Nacional Universitário 2019.

Esta prova, que atribui os títulos de Campeão Nacional entre a população que frequenta o ensino superior, teve a presença da AAUAv constituída por quatro atletas, tendo três deles conseguido medalha. Para além do ouro conquistado por Maria Francisca Damas, Emanuel Martins, na categoria de -60Kg revalidou o título de vice-campeão nacional universitário que já trazia do ano anterior. Com uma prova muito bem disputada, só se viu vergado contra a jovem promessa nacional que defendia as cores da AAC, numa final muito bem disputada.

Destaque ainda para Tiago Amaral, que na categoria mais pesada de +90Kg, arrecadou a medalha de prata, com uma prestação muito bem conseguida.

Ainda em prova, e em representação da AAUAv, esteve Pedro Machado na categoria de -81Kg. O sorteio ditou que o primeiro combate fosse disputado contra o seu colega de clube que defendia as cores da Universidade do Porto, e o conhecimento mútuo e falta de treino devido a uma cirurgia, levou a que o atleta não conseguisse superar o seu primeiro opositor.

A acompanhar os atletas estive António Costa, treinador da AAUAv: “Este ano conquistamos três medalhas. Foi um excelente resultado, tendo em conta o que temos feito. Os atletas estão mais focados nos estudos, como deve ser, e o treino por vezes passa para segundo plano. Mas estes são excelentes resultados.”

Também presentes em Castelo Branco estiveram o técnico Manuel Costa e a fisioterapeuta Ana Beatriz Almeida, a quem o treinador não deixou de agradecer. “Este apoio da AAUAv, com deslocação de uma fisioterapeuta específica para a nossa equipa foi importante. Felizmente não teve muito trabalho. Mas este apoio é uma mais valia para nós, e uma demonstração que temos o apoio da AAUAv”, terminou.

imprimir
tags
outras notícias