conteúdos
links
tags
Distinções
Prémio de Contabilidade “Luiz Chaves de Almeida” - Edição 26ª edição
Trabalho de investigação do ISCA-UA ganha o 1º lugar do Prémio Luiz Chaves de Almeida
Prémio de Contabilidade
Da autoria de João Pedro Vidreiro Neves mestre em Contabilidade e Auditoria pelo Instituto Superior de Contabilidade e Administração da Universidade de Aveiro (ISCA-UA), e de Carla Manuela Teixeira de Carvalho, docente desta mesma Escola da UA, “Um novo modelo de mensuração subsequente do goodwill: uma proposta” recebeu com deliberação unânime do júri a atribuição do 1º lugar do Prémio Luiz Chaves de Almeida – Edição de 2018. Atribuído pela Associação Portuguesa de Técnicos de Contabilidade (APOTEC).

O principal objetivo deste estudo consiste em apresentar uma proposta de um novo modelo para a mensuração subsequente do goodwill nas contas individuais das empresas.

Para avaliar a aplicabilidade do modelo proposto, foi realizado um estudo exploratório, cujos dados foram recolhidos da análise de conteúdo das demonstrações financeiras individuais de empresas reais, para o período de 2010 a 2015.

Este estudo, de carácter inovador, contribui para a discussaão sobre a contabilização do goodwill, abrindo caminho para a investigação de novos modelos de mensuração subsequente, com possível incremento na qualidade da informação divulgada aos seus stakeholders.

descrição para leitores de ecrã
O 1º Prémio foi atribuído a João Pedro Neves e Carla Carvalho, em reconhecimento do seu trabalho intitulado “Um novo modelo de mensuração subsequente do goodwill: uma proposta”

Em 1992, a Direcção Central da APOTEC (Associação Portuguesa de Técnicos de Contabilidade) criou um prémio anual para trabalhos sobre contabilidade, tendo como objectivo o seu estudo e divulgação.

Em homenagem ao Dr. Luiz Chaves de Almeida, Presidente da APOTEC desde 1984 a 1991, e Director do Jornal de Contabilidade desde Junho de 1987 a Novembro de 1991, ano em que faleceu, a Direcção Central decidiu distinguir quem tanto deu de si a esta Associação.

Desde 1993, ano da 1ª edição deste prémio, que a APOTEC promove e divulga a investigação da Contabilidade, sendo, nesta área, o prémio mais antigo da Península Ibérica.

Nesta 26ª edição, o 1º Prémio foi atribuído a João Pedro Vidreiro Neves e Carla Manuela Teixeira de Carvalho, em reconhecimento do seu trabalho intitulado “Um novo modelo de mensuração subsequente do goodwill: uma proposta”.

A lista de premiados pode ser consultada em www.apotec.pt.

imprimir
tags
outras notícias