conteúdos
links
tags
Bolsas
Candidaturas abertas 11 a 22 de março
Bolsa de Investigação - Mestre (M/F) - BIM/2019 - SOPRO - 029574
Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 (uma) Bolsa de Investigação para Mestre no âmbito do projeto Perfis químicos e toxicológicos de fontes de matéria particulada em atmosfera urbana, SOPRO – POCI-01-0145-FEDER-029574, financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização - COMPETE 2020 e por Fundos Nacionais através da FCT - Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

Área Científica: Biologia/Bioquímica/Toxicologia

Requisitos de admissão: Mestrado em Biologia, Bioquímica, Ciências Biomédicas, Toxicologia e áreas afins.

São fatores de preferência possuir experiência em cultura de células animais in vitro.

Caso a habilitação tenha sido conferida por instituição de ensino superior estrangeira terá de ser reconhecida por instituição de ensino superior portuguesa, nos termos do disposto no art.º 25 do Decreto-Lei n.º 66/2018, de 16 de agosto, que aprova o regime jurídico de reconhecimento de graus académicos e diplomas de Ensino Superior, atribuídos por instituições de ensino superior estrangeiras e a alínea e) do nº2 do artigo 4º do Decreto-Lei nº 60/2018 de 03 de agosto, devendo quaisquer formalidades aí estabelecidas estar cumpridas até à data do ato de contratação.

Plano de trabalhos: A bolsa terá por finalidade a execução de diversas atividades de investigação planeadas no âmbito do projeto SOPRO – POCI-01-0145-FEDER-02957, nomeadamente:

1) Cultura in vitro de diferentes tipos de células do trato respiratório;

2) Exposição in vitro a amostras de material particulado provenientes do tráfego rodoviário e atividades de confeção de alimentos;

3) Avaliação da citotoxicidade e genotoxicidade.

Legislação e regulamentação aplicável: Lei Nº. 40/2004, de 18 de agosto, alterada pelo Decreto-Lei n.º 202/2012, de 27 de agosto, e alterado pelo Decreto-Lei nº 233/2012, de 29 de outubro e pela Lei nº 12/2013, de 29 de janeiro e pelo Decreto-Lei nº 89/2013, de 09 de julho (Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica), bem como o Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia I.P. (FCT) em vigor. (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/regulamentos.phtml.pt).

Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido nos Departamentos de Biologia e de Ambiente e Ordenamento e no Centro de Estudos do Ambiente e do Mar, todos da Universidade de Aveiro, sob a orientação científica das Doutoras Helena Oliveira e Célia Alves.

Duração da bolsa: A bolsa terá a duração de 6 meses, com início previsto entre abril e maio de 2019, em regime de exclusividade, eventualmente renovável até a um máximo de 6 meses,mas nunca ultrapassando a data de fim do projeto.

Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa corresponde a €989,70, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas directamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores.phtml.pt). A periodicidade de pagamento da bolsa é mensal e através de depósito bancário, cheque ou outra modalidade equivalente.

O bolseiro usufruirá de um seguro de acidentes pessoal e, caso não se encontre abrangido por qualquer regime de proteção social, pode assegurar o exercício do direito à segurança social mediante adesão ao regime do seguro social voluntário, nos termos previstos no Decreto-Lei n.º 40/89, de 1 de fevereiro).

Métodos e critérios de seleção: A avaliação das candidaturas terá em conta a Avaliação Curricular (AC) com ponderação de 75% e Entrevista (E) com ponderação de 25%. A avaliação curricular do candidato (AC) será realizada de acordo com os critérios P1, P2 e P3, sendo a classificação final obtida através da aplicação da seguinte fórmula:

AC = 0,4xP1 + 0,5xP2 + 0,1xP3

P1 - Classificação final de mestrado (até 20 valores) – para mestrado integrado será considerada a classificação final; para licenciatura e mestrado em dois ciclos será calculada a média ponderada com um peso de 3/5 e 2/5 para o 1º e 2º ciclos, respetivamente;

P2 - Formação específica na área e experiência científica ou profissional com relevância para os objetivos do trabalho (até 20 pontos);

P3 - Outros elementos relevantes do curriculum do candidato, tais como publicações, comunicações, prémios e distinções (até 10 pontos).

Todas as candidaturas serão pontuadas de 0 (mínimo) a 20 (máximo) nos critérios de avaliação considerados. Só serão admitidos à entrevista os candidatos que apresentarem AC superior ou igual a 14. O júri reserva-se o direito de não atribuir a bolsa em concurso no caso do resultado da avaliação das candidaturas e da sua adequação aos objetivos do projeto não ser satisfatório.

Composição do Júri de Seleção: O júri será constituído pela presidente Doutora Célia dos Anjos Alves, e pelos vogais Doutora Helena Oliveira e Doutora Verónica Bastos.

Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão divulgados, através de lista ordenada por pontuação final e através de notificação dos candidatos por correio eletrónico.

 

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas:

O concurso encontra-se aberto no período de 11 a 22 de março de 2019.

A candidatura deve ser formalizada, obrigatoriamente, através do envio dos seguintes documentos:

- Formulário de candidatura, disponível no link http://www.ua.pt/sgrhf/PageText.aspx?id=15032;

- Carta/e-mail de apresentação e motivação do candidato;

- Curriculum Vitae detalhado e assinado;

- Cópia simples do(s) Certificado(s) de Habilitações Académicas, com a média final e classificação obtidas;

- Outros documentos comprovativos considerados relevantes.

As candidaturas, dirigidas à Presidente do júri, devem ser formalizadas, obrigatoriamente, por correio eletrónico, para o endereço dao-bolsaseconcursos@ua.pt, com Cc para holiveira@ua.pt, indicando o assunto UA-BIO-BIM/2019 – SOPRO - 029574.

imprimir
tags
outras notícias