conteúdos
links
tags
Desporto
Emanuel Martins dignifica cores da UA
Atleta de Judo da AAUAv participou no European Open de Odivelas 2019
Emanuel Martins (à direita) participou no European Open de Odivelas
Emanuel Martins, atleta do Núcleo de Judo da Associação Académica da Universidade de Aveiro (AAUAv), esteve presente, em representação da Seleção Nacional, no European Open de Odivelas que decorreu nos dias 2 e 3 de fevereiro. Foi no primeiro dia reservado às categorias de -60Kg, -66Kg e -73Kg que o aveirense se apresentou em prova. Com 33 atletas a disputarem a categoria dos -60 Kg, calhou em sorte a Emanuel Martins, logo no primeiro combate, defrontar o atleta da Seleção Turca que o afastou da prova.

Num combate onde o equilíbrio foi nota dominante nos primeiros minutos, o maior poderio físico do adversário e a sua maior experiência levaram o atleta da AAUAv a cometer dois erros que se viriam a revelar-se cruciais para o desfecho final. Com dois wazari’s, o atleta turco acabou por superar o aveirense, atirando-o assim para fora da prova.

“É um nível muito elevado, mas mesmo assim foi possível ver que dois erros menores ditaram o desfecho final do embate. Não era um combate impossível de vencer, mas hoje não foi o melhor dia do Emanuel. Os dois erros que cometeu nem são frequentes nele, mas talvez o nervosismo o tivesse traído”, comentou António Costa, treinador do atleta que o acompanhou em prova.

Para além do treinador, viajaram de Aveiro vários colegas de treino, como foram os casos de João Pires, Paulo Ranito, José Ranito, e o treinador do S C Beira-Mar, Alexandre Vieira, que não quiseram deixar de apoiar o atleta aveirense em prova.

“É importante a presença dos colegas na bancada. Mais havia que gostariam de ter vindo, mas infelizmente não puderam. Mas é importante para quem está a combater saber que tem apoio nas bancadas. É muito importante mesmo. O Alexa ajudou na preparação do Emanuel para esta prova, mostrando a sua técnica especial. O João Pires treinou, várias vezes, às seis da manhã para o ajudar a preparar a prova. O Paulo Ranito nunca disse que não, nos treinos, a fazer randori com o Emanuel. São estes pequenos pormenores que fazem um atleta evoluir. Está de parabéns o Emanuel pela prova e pelo seu percurso, e os colegas de treino por o ajudarem a ser cada vez melhor”, concluiu António Costa.

imprimir
tags
outras notícias