conteúdos
links
tags
Publicações
Professora da UA participou no trabalho
Publicação sobre regras novas de nomenclatura de Química Inorgânica apresentada na UA
Livro sobre nova nomenclatura de química orgânica apresentado na UA
O livro “Nomenclatura de Química Inorgânica”, com a versão em língua portuguesa das novas regras de nomenclatura de Química Inorgânica aprovadas pela União Internacional de Química Pura e Aplicada (IUPAC, sigla em inglês), será apresentado na Universidade de Aveiro (UA) a 16 de janeiro. A publicação será apresentada as 18h00, no Espaço Intercultural (“Catacumbas” da UA), pelos professores Artur Silva, também Vice-reitor da UA, Clara Magalhães, que coordenou a equipa que realizou o trabalho, e Adélio Machado, da Universidade do Porto.

O livro apresenta as regras de nomenclatura aprovadas pela IUPAC em 2005 – que são as mais recentes – nas variantes brasileira e europeia do português. No trabalho participaram professores e investigadores de universidades brasileiras e de Cabo Verde, para além de universidades e outros organismos portugueses, dos quais se destaca Clara Magalhães, professora do Departamento de Química da UA e presidente da delegação de Aveiro da Sociedade Portuguesa de Química, entidade nacional que coordenou e editou a publicação. A comunidade científica de outros países de língua portuguesa, participaram ativamente no trabalho com especial contribuição da comunidade brasileira, visto que há pequenas diferenças na terminação de alguns nomes.

Trata-se de regras “mais sistemáticas e simplificadas” que devem merecer a atenção de profissionais de vários setores, como é o caso do ensino e dos tradutores que trabalham para as organizações internacionais, refere Clara Magalhães. “A adoção de uma linguagem comum facilita a comunicação entre investigadores e entidades desses países e a adoção de normas internacionais sobre produtos químicos; é também importante nas trocas comerciais, por razões económicas e de saúde e segurança do consumidor e importante também na atividade industrial”,  como se afirma na apresentação do livro..

Sendo o inglês a língua oficial de publicação da IUPAC, o organismo internacional responsável pela apresentação de propostas de recomendações sobre nomenclatura química, esta aceita apenas uma única versão por cada língua, aprovada pelas organizações nacionais aderentes da IUPAC..

O livro foi publicado pela IST Press, sendo a edição da responsabilidade da Sociedade Portuguesa de Química.

imprimir
tags
evento relacionado
 
outras notícias