conteúdos
links
tags
Cultura
A 11 de dezembro, às 19h00, no Auditório do CCCI
Concerto "Velho Mundo, Novos Amigos"
Alex Duarte dá concerto no CCCI, da UA, às 19h00, de dia 11 de dezembro
Após 10 anos em Portugal, o músico Alex Duarte, antigo doutorando e pós-doutorando em Música da Universidade de Aveiro (UA), vem valorizar o seu percurso a partir desse concerto onde traz ao palco relíquias autorais de uma caminhada compartilhada com outros artistas, amigos de trajetória. O concerto decorre a 11 de dezembro, às 19h00, no auditório do CCCI, no Departamento de Comunicação e Arte (DeCA), da UA.

Músico conhecido pela sua versatilidade criativa tanto nas letras, composições e melodias, também se revela como multi-instrumentista e talentoso trovador. Pode-se dizer que sua inspiração é topofilica, por deixar-se influenciar pelo ambiente onde caminha.

O seu primeiro trabalho musical foi registado num CD intitulado Canteiro de Balsamo, onde relatou cenas bucólicas do quotidiano de sua terra natal. No Sul de Minas Gerais/Brasil, lugar cercado de natureza, Alex iniciou a sua trajetória. Aos 9 anos de idade a sua poesia já circulava nos jornais da cidade. 

A sua formação académica inclui licenciatura em flauta transversal (UFOP/BR) - a guitarra e o canto aprendeu cedo e levou consigo à faculdade, onde auxiliou no custeio do seu curso. No seu percurso artístico conseguiu destaque e apoio de grandes instituições públicas e privadas. Em suas andanças realizou digressões pelo Brasil e exterior, teve suas canções tocadas em rádios de grande importância nacional e internacional, com participação em programas televisivos e entrevistas em rede aberta de TV como a rede Globo. Obteve relevantes prémios e convites em festivais nacionais e internacionais. 

Em Portugal, concluiu o seu doutoramento e pós-doutoramento em Música na Universidade de Aveiro. Assim, como investigador e performer, construiu uma rede de contactos que interliga artistas de variada abordagem musical. Com esses mantém afinidades que se traduzem em concertos (digressões) e outras formas de coligações e trocas de um conhecimento sonoro. Experiência que, no fim de uma fase e início de outra, e a partir de uma tentativa idílica, vem brindar-nos com um pequeno extrato desse sonoro mosaico. 

http://www.inetmd.pt/index.php/pessoas/integrados/10-alexsander-jorge-duarte

imprimir
tags
evento relacionado
 
outras notícias