conteúdos
links
tags
Distinções
Galardão vai ser entregue a 24 de novembro na Fundação Engenheiro António de Almeida
Carlos Borrego distinguido com a Medalha de Ouro da Ordem dos Engenheiros
Carlos Borrego recebe Medalha de Ouro da Ordem dos Engenheiros
“Em reconhecimento pelo elevado mérito demonstrado no exercício da sua profissão ao longo da sua diversificada carreira, como Engenheiro, como Professor e como governante, tendo por tal aportado elevado prestígio à sua Ordem Profissional”. Deste modo, a Ordem dos Engenheiros justifica a atribuição da Medalha de Ouro a Carlos Borrego, professor jubilado do Departamento de Ambiente e Ordenamento da Universidade de Aveiro.

A Ordem dos Engenheiros atribui o alto galardão por proposta do Bastonário e a medalha será entregue numa Sessão Solene, durante a tarde do dia 24 de novembro, na Fundação Engenheiro António de Almeida, no Porto. A Sessão Solene assinala o Dia Nacional do Engenheiro.

"É uma enorme honra receber esta Medalha de Ouro da Ordem dos Engenheiros, instituição tão relevante e simbólica no quadro do conhecimento e da compreensão da realidade económica, social e técnica que tanto ajudou a construir, e agradeço de forma reconhecida ao Conselho Diretivo Nacional da OE.", afirma Carlos Borrego.

"Sinto orgulho, alegria, emoção, misto de tantos sentimentos bons. É muito gratificante saber que o meu trabalho é valorizado! Mas. humildemente, realço que não sou o único protagonista desta distinção. Reconheço que os meus colegas, amigos e familiares, e muito especialmente a Universidade de Aveiro, em especial o Departamento de Ambiente e Ordenamento, são parte nesta homenagem e a quem muito agradeço o terem ajudado a honrar e a propagar a profissão de engenheiro.", salienta o distinguido.

Carlos Borrego, que desde a mais tenra idade "sempre disse que queria ser Engenheiro", é licenciado em Engenharia Mecânica, pelo Instituto Superior Técnico da Universidade Técnica de Lisboa, onde iniciou a sua carreira profissional, como assistente. Doutorou-se em Ciências Aplicadas do Ambiente, pela Universidade Livre de Bruxelas. Com uma extensa carreira académica, é professor catedrático do DAO, desde 1991, agora jubilado, e é investigador do Centro de Estudos do Ambiente e do Mar (CESAM), tendo sido vice-reitor da mesma universidade, de 1998 a 2002. Foi ministro do Ambiente e Recursos Naturais, entre 1991 e 1993, durante o governo liderado por Cavaco Silva.

imprimir
tags
evento relacionado
 
outras notícias