conteúdos
links
tags
Distinções
A competição contou com 138 participantes, apenas sete foram finalistas
Jaime Reis, licenciado em Composição pela UA, distinguido com Prémio Russolo
Jaime Reis, antigo aluno da UA, distinguido com prémio Russolo de composição (foto de Alexander Graeff)
Jaime Reis, licenciado em Composição pela Universidade de Aveiro, é o único português a ganhar o prémio Russolo na edição de 2018, um dos mais prestigiados na área da composição de música eletroacústica. O prémio foi atribuído também aos os compositores Renaud Bajeux, Lisandro Barbato, François Buffet, Jean-Louis Hargous, Hamish Hossain e Pedro Linde.

A competição contou com 138 participantes, dos quais apenas sete chegaram à etapa final.

Decorrerão agora durante os próximos meses concertos e sessões de escuta em Annecy, Atenas, Belfast, Genéva, Moscovo, Osaka, Paris e Praga onde se poderão ouvir as obras vencedoras do prémio.

Já este mês, Jaime Reis foi finalista na competição Métamorphoses, em Bruxelas, mas não obteve o prémio do público. O prémio Russolo não só fará com que a peça seja tocada em vários países, como ainda será votado um prémio do público entre todos os concertos onde as peças foram programadas.

Jaime Reis

Licenciado em Composição pela Universidade de Aveiro, onde recebeu três bolsas de mérito. Frequentou seminários com Emmanuel Nunes e K. Stockhausen. Investiga no INET-md. Fundador e diretor artístico do Festival DME (desde 2003; com o qual já organizou mais de 50 edições).

Como compositor tem apresentado a sua música em países como: Alemanha, Áustria, Bélgica, Brasil, Chile, China, Coreia, Espanha, Estados Unidos da América, Filipinas, França, Grécia, Holanda, Itália, Japão, Mónaco, Polónia, República Checa, Rússia, Túrquia, Ucrânia; e trabalhado com entidades como: IRCAM, KCMD, Musik Fabrik, ZKM, Musiques & Recherches.

Jaime Reis tem leccionado em instituições como: Conservatório de Música de Seia, Insituto Piaget, EMNSC, FCSH-UNL. É professor na ESART-IPCB e ESML-IPL e director do espaço Lisboa Incomum.

Sobre o prémio Russolo

O Prémio Russolo é um dos mais prestigiados prémios na composição de música eletroacústica.

Criado em 1979 como homenagem ao compositor e pintor italiano Luigi Russolo, fundador da noise music.

Desde 2010 a organização do prémio está sobre a alçada do Studio Forum d'Annecy (França) em colaboração com a Fundação Russolo-Pratella.

(Foto de Alexander Graeff)

imprimir
tags
outras notícias