conteúdos
links
tags
Investigação
Doutorando selecionado para bolsa na área da conservação de ecossistemas críticos
Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro colabora com WWF
Serafino Mucova, ao centro e acompanhado por Mário Pereira e Ulisses Azeiteiro, estuda os efeitos das alterações climáticas em comunidades de Moçambique
Serafino Mucova, estudante moçambicano do Programa Doutoral em Biologia e Ecologia das Alterações Globais (BEAG / BEGC), coorientado por Mário J Pereira e Ulisses M Azeiteiro, do Departamento de Biologia (DBio) da Universidade de Aveiro (UA), integra a "2018 class of conservation leaders", da World Wildlife Fund (WWF) e colabora com esta organização internacional.

A seleção de bolseiros da WWF é mundial e anual. O doutorando moçambicano da UA é um dos dez selecionados a nível mundial em 2018, juntamente com outros escolhidos da Ásia, África e América do Sul, para colaborar com a WWF.

A candidatura teve por base o trabalho desenvolvido, até ao momento, no âmbito do doutoramento. Serafino Mucova dedica-se ao estudo do efeito de alterações climáticas em comunidades vulneráveis em Moçambique.

Com o doutoramento em Biologia e Ecologia das Alterações Globais da Universidade de Aveiro, em Portugal, planeia abordar questões sobre mudanças climáticas e serviços dos ecossistemas tendo em vista o desenvolvimento de estratégias de uso sustentável de recursos e planos de adaptação das comunidades àquelas alterações.

Mais informação em https://www.worldwildlife.org/stories/wwf-welcomes-the-2018-class-of-conservation-leaders

imprimir
tags
outras notícias