conteúdos
links
tags
Investigação
Integra@tec aprovado a 23 de maio de 2017
Projeto CENTRO 2020 promove transferência de conhecimento científico e tecnológico da UA
O Integra@tec visa potenciar o trabalho desenvolvido pelas Plataformas Tecnológicas da UA
O projeto integra@tec foi aprovado a 23 de maio de 2017. O projeto visa potenciar o trabalho desenvolvido pelas Plataformas Tecnológicas da Universidade de Aveiro (UA) e pretende apoiar e alavancar, de forma eficiente e integrada, a transferência do conhecimento científico e tecnológico da Universidade de Aveiro (UA) para o tecido empresarial e outras entidades, nomeadamente da Região Centro.

Com início a 1 de junho deste ano e com uma duração prevista de dois anos, o projeto integra@tec reúne uma equipa multidisciplinar de 42 docentes, investigadores e técnicos da UA, com o propósito de fomentar a inovação e a endogeneização dos resultados de I&D existentes, através da integração de conhecimentos e tecnologias de ponta, como resposta às necessidades dos setores “Soluções Industriais Sustentáveis” e “Valorização e uso eficiente dos recursos naturais endógenos”.

Em ambos os setores, o integra@tec promoverá a transferência de conhecimento científico e tecnológico da UA, em áreas disciplinares distintas e de forma multidisciplinar, promovendo também as competências da UA no desígnio da “Indústria 4.0”, que representa a capacidade de apoiar a digitalização dos domínios industriais em proposta.

Perante as valências da UA e o potencial de inovação das empresas que operam nestes domínios industriais, o integra@tec submete uma proposta inovadora para a transferência do conhecimento científico e tecnológico da UA para o tecido empresarial, a qual será desenvolvida de acordo com as necessidades/oportunidades definidas pelo mercado.

O projeto está organizado em quatro grandes objetivos operacionais. O primeiro objetivo é o dissemina+ que inclui a organização de seminários gerais do projeto, a participação da UA em ações de disseminação e demonstração das competências em feiras nacionais, ações de vigilância tecnológica das tendências de mercados e ações de disseminação de oportunidades de financiamento, enquanto o segundo, integra+, preconiza o acesso das entidades interessadas a workshops e atividades de demonstração, estas últimas tendo como foco duas cadeias de valor, base dos projetos demonstradores integrados. Adicionalmente, o terceiro objetivo, inova+, corresponde à realização de ciclos de inovação empresarial e o estabelecimento de grupos de trabalho UA-Empresas enquanto o último, coordena+, tem por objetivo a gestão do projeto.

Este esforço está a ser cofinanciado pelo Centro 2020 - Programa Operacional Regional do Centro através do FEDER e está enquadrado na Unidade de Transferência de Tecnologia da Universidade de Aveiro.

imprimir
tags
outras notícias