conteúdos
links
tags
Bolsas
Candidaturas abertas até 15 de Outubro de 2018
Bolsa de Investigação para Licenciados em Ciência e Engenharia de Materiais
Encontra-se aberto concurso até 15 de outubro para a atribuição de uma Bolsa de Investigação de Licenciado no âmbito do projeto/instituição de I&D CARBOSTEAM - Electrólise de vapor a alta temperatura assistida por despolarização com carvão (referências POCI-01-0145-FEDER-032295 e 02/SAICT/2017 no. 032295), com o apoio financeiro da Fundação para a Ciência e Tecnologia/MCTES, através de fundos nacionais e, quando aplicável, cofinanciado pelo FEDER, no âmbito do novo acordo de parceria PT2020.

Área Científica: Ciência e engenharia de materiais

Requisitos de admissão:

a) Requisitos de admissão obrigatórios (requisitos cumulativos e sob risco de exclusão):

1º Ciclo concluído com classificação mínima de 13 valores, em área científica de Ciência e Engenharia de Materiais, Engenharia do Ambiente, Energias Renováveis, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Engenharia Física, ou outra área afim.

b) Requisitos preferenciais:

- estar inscrito na unidade curricular de dissertação ou projeto ou estágio de um 2º ciclo em área científica de Ciência e Engenharia de Materiais, Engenharia do Ambiente, Energias Renováveis, Engenharia Química ou Engenharia Mecânica.

- Inglês satisfatório.

 
Plano de trabalhos:

Os eletrolisadores de eletrólito sólido (SOEC na sigla em inglês) permitem a conversão do excesso de eletricidade renovável em hidrogénio, que é considerado um dos principais vetores energéticos para o futuro e para a sustentabilidade dos transportes sem combustíveis fósseis. Contudo, estas tecnologias de H2 sofrem degradação rápida, relacionadas sobretudo com fenómenos de delaminação nas interfaces entre o eletrólito e o elétrodo de oxigénio [2,3]. Por isso, o projeto CARBOSTEAM pretende demonstrar um conceito inovador de eletrolisador SOEC que utiliza carvão como despolarizante, baixando o potencial químico do oxigénio na interface eletrólito/elétrodo e diminuindo os riscos de delaminação.

O programa de trabalhos inclui: i) Síntese de materiais de elétrodo; ii) Preparação de amostras cerâmicas de materiais de elétrodo e eletrólito; caracterização estrutural (DRX), iii) medições de condutividade elétrica e expansão termoquímica em condições de operação típicas (temperatura e atmosferas); iv) preparação de células eletroquímicas com eletrólito denso e elétrodos porosos; estudos eletroquímicos (resistência de polarização e degradação son polarização anódica); v) caracterização microestrutural post-mortem (SEM/EDS); vi) preparação e teste de células usando carvão com despolarizante.

Legislação e regulamentação aplicável: Lei nº. 40/2004, de 18 de Agosto (Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica - https://www.fct.pt/apoios/bolsas/estatutobolseiro.phtml.pt); Regulamento de Bolsas de Investigação da FCT, I. P. aprovado pelo Regulamento nº 339/2015, de 17 de junho de 2015 (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/docs/RegulamentoBolsasFCT.pdf); e o Regulamento de Bolsas de Investigação Científica da Universidade de Aveiro – Regulamento n.º 341/2011, publicado em Diário da República, 2ª série, n.º 98, de 20 de Maio.

Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido no Departamento de Engenharia de Materiais e Cerâmica, Universidade de Aveiro, sob a orientação científica do Doutor Aleksey Yaremchenko e Professor Jorge Frade.

Duração da(s) bolsa(s): A bolsa terá a duração de 9 meses, com início previsto em 01 de Novembro de 2018.

Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa corresponde a a 745 €/mês, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas directamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).

Métodos de selecção: Os métodos de selecção a utilizar serão os seguintes:

 

Avaliação curricular – com valoração de 100%, que será realizada de acordo com os seguintes critérios:

- Currículo académico do 1º ciclo, em área adequada, em conformidade com os requisitos de admissão (50%);

- Formação académica posterior ao 1º ciclo, incluindo frequência de unidades curriculares de um 2º ciclo em área científica afim aos objetivos e atividades do projeto CARBOSTEAM e inscrição na unidade curricular de dissertação, projeto ou estágio, com tema correspondente ao programa de trabalhos enunciado neste edital (35%);.

- Outra experiência técnica ou profissional altamente relevante para os objetivos e atividades do projeto CARBOSTEAM (15%).

 

Caso o júri não se considere apto a decidir utilizando o método indicado em 1, poderá optar por realizar Entrevista que avaliará cada candidato nos seguintes domínios:

- Conhecimentos específicos relevantes para a execução do plano de trabalhos a desenvolver (70%);

- Capacidade de comunicação e de relacionamento interpessoal (30%);

 

A avaliação final será executada de acordo a seguinte ponderação:

- 75% avaliação curricular;

- 25% entrevista.

Composição do Júri de Selecção:

Presidente: Doutor Aleksey Yaremchenko

Vogais efetivos: Prof. Jorge Frade e Prof. Fernando Marques

Vogal suplente: Prof. João António Labrincha Batista

Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada por nota final obtida, sendo todos os candidatos notificados através de E-mail.

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de 1 de outubro a 15 de outubro de 2018.

As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos: Curriculum Vitae e certificado de habilitações.

As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para: ayaremchenko@ua.pt

imprimir
tags
outras notícias