conteúdos
links
tags
Bolsas
No âmbito do Projeto UFA+EE, Unidade de Frio Autónomo e Eficiente
Bolsa de Investigação (nº 2) para mestres (M/F) em Engenharia Mecânica e afins
Encontra-se aberto concurso, de 27 de agosto a 7 de setembro para a atribuição de uma Bolsa de Investigação para Mestre (nº 2), no âmbito do projeto de I&DT em Co-Promoção, intitulado “UFA+EE, Unidade de Frio Autónomo e Eficiente”, Projeto Nº 33755, co-financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (POCI).

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação para Mestre (nº 2), no âmbito do projeto de I&DT em Co-Promoção, intitulado “UFA+EE, Unidade de Frio Autónomo e Eficiente”, Projeto Nº 33755, co-financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (POCI), nas seguintes condições:

Área Científica: Engenharia Mecânica ou áreas afins.

Requisitos de admissão obrigatórios (requisitos cumulativos e sob risco de exclusão):

Mestrado em Engenharia Mecânica ou em áreas afins.

Requisitos preferenciais:

  • Conhecimentos de programação, instrumentação e controlo;

  • Conhecimentos de projeto mecânico e desenvolvimento de produto

  • Dissertação de mestrado em temas relevantes para as atividades indicadas;

  • Reunir requisitos académicos para desenvolver trabalho de doutoramento neste domínio;

  • Domínio escrito da língua inglesa.

Plano de trabalhos:

O plano de trabalhos consiste na participação das seguintes atividades/tarefas do projeto.

Atividade 1 - Estudos Preliminares

  • T1 -  Analise de contexto tecnológico e energético (redes elétricas inteligentes e produção distribuída)

Atividade 2 - Determinação de Especificações e Características Técnicas

  • T1 - Definição de especificações do novo conceito de sistema de frio inteligente com autonomia energética aumentada

Atividade 4 – Desenvolvimento

  • T1 –Conceção e projeto do protótipo (componente mecânica e componente térmica) bem como das componentes fotovoltaica, elétrica e de controlo e de comunicação a incluir no protótipo;
  • T3 - Desenvolvimento de software para controlo inteligente dos períodos de inércia/carga/inércia/descarga de PCMs em novos produtos
  • T4 - Simulação dinâmica do sistema completo, incluindo: carga e perfil de utilização, solução tecnológica adotada, disponibilidade de energia renovável, disponibilidade de rede elétrica, tarifário elétrico e validação das estimativas de produção de energia elétrica solar com medidas laboratoriais

Atividade 5 – Construção de protótipos

  • T2 - Construção de um protótipo de arca frigorífica com autonomia estendida com alimentação elétrica fotovoltaica, integrando hardtools para regulação dos períodos de carga, inércia e descarga de PCMs
  • T3 - Construção de um protótipo de arca frigorífica com controlo inteligente compatível com smartgrids e produção elétrica distribuída, com regulação inteligente dos períodos de carga, inércia e descarga de PCMs para utiliação racional de tarifáios mais económicos

Atividade 7 - Promoção e Divulgação de Resultados

  • T2 - Divulgação de resultados em artigos científicos e congressos internacionais

Local de trabalho: O trabalho será maioritariamente desenvolvido no Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade de Aveiro, podendo alguns trabalhos decorrer nas instalações da Tensai Indústria S.A, sob a orientação científica dos Professores Jorge Augusto Fernandes Ferreira e António Manuel de Amaral Monteiro Ramos.

Duração da bolsa e Regime de Atividade: A bolsa terá a duração de 12 meses, com início previsto em Outubro de 2018, em regime de exclusividade, eventualmente renovável até ao limite ao limite do prazo de execuc¸a~o do projeto.

Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante mensal da bolsa corresponde a 980,00EUR, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://alfa.fct.mctes.pt/apoios/bolsas/valores). O pagamento será efetuado através de depósito bancário, cheque ou outra modalidade equivalente.

Métodos de seleção: Os métodos de seleção a utilizar serão os seguintes:

  1. Avaliação curricular – com valoração de 100%, que será realizada de acordo com os seguintes critérios:

  • Currículo académico em área adequada, em conformidade com os requisitos de admissão (40%);

  • Currículo técnico-científico e experiência comprovada nas temáticas indicadas como condições preferenciais (40%);

  • Currículo técnico-científico e experiência comprovada em outras áreas relevantes para o desenvolvimento do programa de trabalhos (20%)

    Se necessário para comprovar o mérito dos candidatos realizar-se-á uma Entrevista aos três melhores classificados no âmbito da Avaliação Curricular.

  1. Entrevista que avaliará cada candidato admitido, nos seguintes domínios:

  • Conhecimentos específicos relevantes para a execução do plano de trabalhos a desenvolver (60%);

  • Capacidade de comunicação e de relacionamento interpessoal (20%);

  • Domínio oral da língua portuguesa e inglesa (20%).

    Caso não seja realizada a Entrevista, a avaliação final será correspondente somente à Avaliação curricular.

    Caso seja realizada a Entrevista, a avaliação final será executada de acordo a seguinte ponderação:

  • 70% Avaliação curricular;

  • 30% Entrevista.

O concurso será encerrado se nenhum dos candidatos se revelar adequado.

Composição do Júri de Seleção:

Presidente do júri: Professor Doutor Jorge Augusto Fernandes Ferreira, Professor Auxiliar do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade de Aveiro;

Vogais: Professor Doutor António Manuel de Amaral Monteiro Ramos, Professor Auxiliar do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade de Aveiro, e Professor Doutor Fernando José Neto da Silva, Professor Auxiliar do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade de Aveiro

Forma de publicitação/notificação dos resultados:

Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada por nota final obtida, sendo todos os candidatos notificados através de e-mail.

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas:

O concurso encontra-se aberto, para apresentação de candidaturas, no período de 27 de Agosto até 07 de setembro de 2018.

As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio de carta/e-mail de candidatura, acompanhada dos seguintes documentos:

  • Curriculum Vitae detalhado, datado e assinado;
  • Copia do documento de identificação ou Passaporte ou declaração, sobre honra, dos elementos que constam dos mesmos;
  • Copia simples do(s) Certificado(s) de Habilitações;
  • Outros elementos relevantes.

As candidaturas, dirigidas ao Presidente do Júri, devem ser enviadas, obrigatoriamente, através de correio eletrónico para o endereço dem.bolsas@ua.pt , com Cc para jaff@ua.pt, com indicação da referência do projeto no assunto, da seguinte forma: “UA – Projeto UFA+EE, Unidade de Frio Autónomo e Eficiente - Projeto 33755 – BI nº 2 “e acompanhada dos documentos referidos anteriormente.

Legislação e regulamentação aplicável: Lei Nº. 40/2004, de 18 de agosto, alterada pelo Decreto-Lei n.º 202/2012, de 27 de agosto, e alterado pelo Decreto-Lei nº 233/2012, de 29 de outubro e pela Lei nº 12/2013, de 29 de janeiro e pelo Decreto-Lei nº 89/2013, de 09 de julho (Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica); Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia, em vigor (www.fct.pt/apoios/bolsas/docs/RegulamentoBolsasFCT2015.pdf); e Regulamento de Bolsas de Investigação Científica da Universidade de Aveiro – Regulamento n.º 341/2011, publicado em Diário da República, 2ª série, n.º 98, de 20 de Maio.

imprimir
tags
outras notícias