conteúdos
links
tags
Divulgação de Ciência
Academia de Verão 2018
Segunda semana da Academia de Verão arranca este domingo com mais duas centenas de "pré-universitários"
Segunda semana da Academia de Verão arranca este domingo com mais duas centenas de
A Vice-reitora para as Políticas para a Cultura e a Vida nos Campi, Alexandra Queirós, recebe este domingo, 15 de julho, às 15h00, no Auditório Renato Araújo da Reitoria da UA, o segundo grupo de 200 participantes da Academia de Verão 2018. A cerimónia integra uma nova sessão da palestra sobre “Newspace”, um movimento que pretende tornar o Espaço mais acessível a todos, dinamizada pelo CEO da Firefly, Thomas E. Markusic.

Os 39 alunos dos 7º, 8º e 9º anos que aqui chegarão terão dois programas à sua espera, que os vão fazer calçar as botas, pôr o capacete e meter as mãos à obra como um verdadeiro engenheiro civil e perceber, também, como é que as praias se comportam ao longo dos tempos.

Para os mais velhos, foram concebidos 12 programas científicos em diferentes áreas científicas. Aos 166 alunos do 10º ao 12º ano são propostas várias atividades que abordam a influência da Engenharia Biomédica na nossa qualidade de vida, as aplicações dos biomateriais, os vários grupos de organismos vivos e a importância das línguas, da arte e da cultura.

Os futuros universitários vão ser desafiados a colocar a sua criatividade em ação na concretização de um projeto de design, a aprender a programar, a desenvolver um projeto de investigação com base em aplicações computacionais e a aplicar as suas competências empresariais. São convidados, ainda a vestir a bata, colocar os óculos e a viver o dia a dia de um químico, bioquímico, biotecnólogo ou engenheiro químico e a “ouvir cenas de física, mais velhas ou acabadinhas de descobrir”.

Paralelamente à componente científica, todos os participantes têm aqui a oportunidade de criar laços e de fazer amigos, participar nas mais incríveis atividades desportivas, culturais e de lazer, que se estendem para lá do campus, com visitas pela cidade e passeios na Ria de Aveiro, filmes, tertúlias, passeios e festas, e de colocar em prática a sua vocação solidária, através da “Academia Solidária”, este ano a favor da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Aveiro (APPACDM) que tem como missão a promoção da autonomia e bem-estar das pessoas com deficiências ou incapacidades.

Refira-se ainda que, em linha com a sua política de valorização do mérito, a UA atribui uma bolsa por cada programa aos melhores alunos do 10.º ao 12.º ano economicamente impossibilitados de frequentar a Academia de Verão, no total de 15 bolsas, bem como três prémios no âmbito das ‘Competições Nacionais de Ciência’ e das ‘Olimpíadas de Química’.

Paralelamente, várias entidades suportaram, este ano, a participação de 68 estudantes, através da concessão de bolsas no valor total/ou parcial de inscrição no programa científico ou através do pagamento do alojamento ou do transporte, no âmbito das suas políticas de responsabilidade social. Foram parceiros da UA nesta edição a Altice, as câmaras municipais de Albergaria, Alcanena, Alvaiázere, Mértola, Oliveira de Frades e Vila do Porto, a CIRA - Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro, as Olimpíadas de Química+, a PLASFIL - Plásticos da Figueira, SA, as Competições Nacionais de Ciência e os Rotary Clubes de Albergaria a Velha e de Loures.

Todas as atividades da Academia de Verão estão disponíveis na página web, podendo ser acompanhadas diariamente na página do facebook.

imprimir
tags
veja também