conteúdos
links
tags
Conferências
Academia de Verão 2018
Thomas E. Markusic explica na UA como é que o Espaço se pode tornar mais acessível a todos
Thomas E. Markusic, cofundador e CEO da Firefly
Thomas E. Markusic, cofundador e CEO da Firefly, é o convidado especial da edição deste ano da Academia de Verão. O especialista em Engenharia de Propulsão apresenta uma palestra sobre “Newspace”, um movimento que pretende tornar o Espaço mais acessível a todos, reduzindo drasticamente o custo para lá chegar e transformando-o no maior setor comercial da Terra. A palestra acontece nos dias 13 e 15 de julho, às 16h00, no Auditório Renato Araújo, na Reitoria, e é aberta a toda a comunidade académica.

Apesar desta palestra se dirigir prioritariamente aos participantes da Academia de Verão 2018, a participação é aberta a toda a comunidade universitária. Todos os interessados devem formalizar a sua inscrição através do email academiadeverao@ua.pt.

Esta palestra tem o apoio do American Corner Portugal, um programa da Embaixada dos EUA em Lisboa.

Thomas E. Markusic é atualmente CEO da Firefly, da qual foi seu cofundador, tendo já ocupado diversos cargos técnicos e de liderança em empresas relacionadas com o "Newspace". Foi Vice-Presidente da área de Propulsão da Virgin Galactic, Engenheiro Sénior de Sistemas da Blue Origin, Diretor do Texas Test Site e Engenheiro Principal de Propulsão na SpaceX.

Antes de se ter dedicado à área do "Newspace", trabalhou na NASA e na USAF, como cientista e engenheiro de propulsão. Tem um Doutoramento em Engenharia Mecânica e Aeroespacial da Universidade de Princeton. Markusic  tem como objetivo de vida “contribuir para a extensão do alcance da Humanidade ao Universo, através do desenvolvimento da próxima geração de naves espaciais, num ambiente interdisciplinar e colaborativo entre especialistas na área que pensam da mesma forma”.

 

Palestra “Newspace”

A atual geração de jovens será a primeira geração na história da Humanidade a sentir uma influência forte do Espaço nas suas vidas diárias. Nos próximos 50 anos, os humanos ocuparão permanentemente a lua e todo o espaço intermediário e ocorrerão as primeiras missões humanas a outros planetas. Na Terra, o Espaço servirá como a próxima fronteira da revolução da informação. Uma multidão de pequenos satélites em órbita trará novas capacidades transformadoras, como o acesso à internet e imagens de alta resolução em tempo real a qualquer hora e em qualquer lugar do planeta. Esta permanência do Espaço nas nossas vidas diárias será liderada pelo “Newspace”.

No passado, o Espaço era acessível apenas a grandes governos e a grandes empresas. O “Newspace” é um movimento que visa tornar o Espaço mais acessível a todos, reduzindo drasticamente o custo para lhe chegar e criando novos produtos para comercializar e ganhar dinheiro com eles. O desenvolvimento do Espaço terá profundas implicações sociais e económicas.

Por um lado, todas as pessoas se tornarão mais conectadas sem a interferência dos governos na troca de ideias e informações; no espaço não há fronteiras e é impossível interromper o sinal. O “Newspace” permitirá duplicar o espaço de notícias e o número de pessoas que têm acesso à Internet, por exemplo.

Por outro lado, surgirão novas oportunidades de negócios ligadas ao Espaço, criando mais riqueza e uma riqueza mais generalizada. A conectividade digital mundial expandirá enormemente o comércio mundial. Os recursos recolhidos no Espaço (por exemplo, o hélio 3 da lua) podem ser vendidos com um lucro extraordinário na Terra. Estima-se que os negócios relacionados com o Espaço gerarão 2,7 bilhões de dólares em receita anual até 2045, tornando o negócio espacial o maior setor comercial da Terra.

Em resumo, o “Newspace” significa mais recursos materiais, mais prosperidade, mais segurança, mais democracia… e mais aventura para a próxima geração. Nesta palestra, Tom Markusic explicará o que é o “Newspace”, abordando os tópicos:

- A promessa do “Newspace”: as missões, os negócios e como eles afetarão as nossas vidas para sempre na Terra

- A tecnologia do “Newspace”: a ciência dos foguetões 101 e como é que o “Newspace” reduzirá o custo e aumentará a acessibilidade ao espaço

- O perigo do “Newspace”: oportunidades, desafios e perigos potenciais que representa a primeira geração verdadeiramente espacial.

imprimir
tags
veja também
 
ficheiros associados
evento relacionado
 
outras notícias