conteúdos
links
tags
Campus
Auditório Renato Araújo foi pequeno para todos os que pretenderam assistir à posse da nova Equipa Reitoral
Novo Reitor começa mandato desafiando comunidade para a “Universidade das pessoas”
Novo Reitor da UA desafiou a comunidade para a
“A Universidade somos todos nós. Desafio-vos todos a fazermos da Universidade de Aveiro uma comunidade diferente, uma comunidade especial: a universidade das pessoas.”. O Reitor recém-empossado da Universidade de Aveiro (UA), Paulo Jorge Ferreira, instigava, assim, a comunidade da UA para o trabalho que vai liderar ao longo dos próximos quatro anos. O Auditório Renato Araújo foi pequeno para acolher todos os que pretenderam assistir à cerimónia, havendo, em alternativa, a possibilidade de assistir à transmissão em direto a partir da a Sala de Atos.

Na sequência de um processo eleitoral que o presidente do Conselho Geral, Marçal Grilo, considerou “exemplar” e que “muito dignificou a Universidade”, tomou posse a nova Equipa Reitoral constituída por cinco Vice-reitores e sete Pró-reitores, liderada por Paulo Jorge Ferreira, professor do Departamento de Eletrónica, Telecomunicações e Informática (DETI) e antes diretor desta unidade orgânica da UA.

Marçal Grilo deu posse ao novo Reitor, não sem antes expressar um elogio ao trabalho da equipa cessante liderada por Manuel António Assunção: “O Conselho e toda a Universidade lhe estão igualmente muito reconhecidos, bem como à sua equipa de Vice-reitores e Pró-reitores por tudo o que fizeram por esta instituição e pelos caminhos que traçaram e nos deixaram abertos para o futuro.”

Embora reconhecendo que o novo Reitor não terá tarefa fácil, o presidente do Conselho Geral tem confiança que, “pela sua personalidade, pelo seu curriculum, pelo seu programa e pela forma como se apresentou perante a Universidade, tem todas as condições para exercer com sucesso um mandato que será exigente, mas que vai seguramente constituir mais um período de crescimento deste projeto que, desde há quarente e cinco anos, tem vindo a ser conduzido com determinação e evidentes resultados institucionais”.

Paulo Jorge Ferreira relembrou os compromissos assumidos durante a campanha eleitoral. “O meu primeiro e principal compromisso é com as pessoas; com toda a comunidade da Universidade de Aveiro. São o eixo principal do meu programa de ação.”, desafiando a comunidade para um caminho rumo à “Universidade das pessoas”. A interdisciplinaridade é outro eixo da estratégia do novo Reitor, com reflexos no ensino e na investigação. “A Universidade de Aveiro é uma instituição voltada para o futuro e o futuro é interdisciplinar”, afirmou. A região e o mundo é um outro eixo de intervenção: “A Universidade de Aveiro não pode ter uma agenda europeia ou internacional independente da realidade da região e do país. Para ganhar a nível internacional, tem de fazer ganhar a nível nacional e regional”, considerou. Neste sentido, dirigindo-se a autarcas e empresários, anunciou: “Estamos prontos para o desafio. Na verdade, senhores autarcas, senhores empresários, estamos mais que disponíveis: iremos ao vosso encontro.” Ao referir o compromisso com a cultura, as artes e humanidades, considerou que a UA “deve assumir a missão de formar para a cidadania.”

Entre as novidades nas atribuições da Equipa Reitoral, estão a nova área que junta a inovação à investigação que ficará sob responsabilidade de Artur Silva, professor do Departamento de Química, a criação de uma nova vice-reitoria com atribuições na área da cultura, qualidade de vida, saúde e bem-estar, sob alçada de Alexandra Queirós, professora da Escola Superior de Saúde da UA, e uma nova pró-reitoria para a valorização da prática desportiva e desenvolvimento das condições adequadas. Esta área ficará sob responsabilidade de Manuel Senos Matias, professor do Departamento de Geociências, que também já foi dirigente desportivo.

Correia de Campos, presidente do Conselho de Curadores, assinalou um caminho à nova equipa: “O Senhor Reitor e a sua equipa recebem uma instituição de incalculável valia, de reconhecido mérito mas também desconhecido potencial. É desse desconhecido potencial que terá de tratar”. O presidente do Conselho de Curadores deixou também algumas recomendações: “unir a Universidade”, “analisar o que está feito e o seu racional”, podendo haver lugar a novas e diferentes ideias que se devem legitimar após análise; “estudar o que existe, conhecer, reconhecer e depois então redesenhar o futuro”; “se for necessária alguma demolição, haverá que ter cuidado com os escombros”.

Nova equipa Reitoral 

Integram a equipa reitoral, na qualidade de Vice-reitores, os Professores Artur Silva(Investigação, inovação e formação de terceiro ciclo), Jorge Adelino Costa (Ensino e formação), Luís Filipe Castro (Qualidade, comunicação, eficácia e eficiência), Eduardo Castro (Cooperação Universidade-Sociedade) e Alexandra Queirós (Vida nos campi e bem-estar).

O grupo de Pró-reitores vai ser constituído pelos docentes João Coutinho(Internacionalização da Escola Doutoral da UA), Sandra Soares (Inovação curricular e internacionalização da formação dos primeiros e segundos ciclos), Filipe Teles(Cooperação interinstitucional nos domínios do desenvolvimento regional e da política de cidades), Manuel Senos Matias (Desporto), Ana Velosa (Sustentabilidade dos campi), José Vieira (Sistemas de informação) e Augusta Ferreira (Planeamento estratégico).

Fotos da sessão em:

https://photos.app.goo.gl/KaTR1N4zKCBNQHfb6

imprimir
tags
ficheiros associados
outras notícias