conteúdos
links
tags
Investigação
Entre abril e setembro de 2017 registaram-se 590 avistamentos
Campanha de monitorização da vaca-loura regressa com aplicação móvel que facilita o apoio dos participantes
Vaca-loura macho (à esq.) e fêmea
O projeto VACALOURA.pt – Rede de Monitorização da Vaca-loura (Lucanus cervus) em Portugal, coordenado pela Associação Bioliving, em parceria com a Universidade de Aveiro (UA) e outras entidades, está de volta e precisa da ajuda dos cidadãos para conservar o maior escaravelho da fauna nacional. Agora, há uma aplicação móvel gratuita para ajudar. Após dois anos de ação, este projeto compilou mais de um milhar de registos relativamente a esta espécie que permitiram quase duplicar a área de distribuição conhecida em território nacional.

A 25 de abril de 2017 aparecia em Guimarães a primeira vaca-loura (conhecida no mundo científico como Lucanus cervus) do segundo ano de ação do projeto VACALOURA.pt. Foi a primeira de 590 registadas entre abril e setembro de 2017, altura do ano em que é possível observar esta espécie. Estes registos, juntamente com os de 2016, permitiram quase duplicar a área de distribuição conhecida para esta espécie no nosso país (47% da área conhecida, hoje em dia, é proveniente de informação compilada por este projeto).

Para quem não conhece, a vaca-loura é o maior escaravelho da nossa fauna e é conhecida pelas grandes mandíbulas que os machos apresentam.

A espécie depende de madeira em decomposição de árvores de folha caduca para sobreviver, é um símbolo das florestas nativas do nosso país e está protegida por leis comunitárias devido à redução dos efetivos populacionais um pouco por toda a sua área de distribuição (Europa). Em Portugal, o seu estado de conservação é desconhecido, dado que ainda não há informação suficiente para avaliar.

Em 2016 nasceu, voluntariamente, o projeto VACALOURA.pt, com o intuito de envolver os cidadãos na recolha de informação útil para a conservação da vaca-loura, mas também de outros escaravelhos semelhantes, tanto pelo aspeto como por desempenharem a mesma função ecológica, decompor madeira morta.

O VACALOURA.pt é coordenado pela Associação Bioliving, em parceria com a Sociedade Portuguesa de Entomologia, o Departamento de Biologia da UA e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, e pode ser acompanhado no Facebook (www.facebook.com/vacalourapt/), no Instagram (@vacaloura.pt) ou pelo website www.vacaloura.pt.

Como ajudar?

O projeto conta com a ajuda dos cidadãos que podem participar de duas formas: enviando registos de avistamentos esporádicos, ou adotando percursos de monitorização da vaca-loura em zonas onde seja facilmente encontrada.

O início do terceiro ano de monitorização desta espécie é marcado pelo lançamento de uma nova aplicação móvel, desenvolvida em parceria com o Departamento de Comunicação e Arte (DeCA) da UA, que permite facilitar o registo dos avistamentos e está disponível gratuitamente para qualquer dispositivo móvel Android.

Esta aplicação pretende complementar o formulário que o projeto disponibiliza no seu website, facilitando a recolha de informação ao permitir efetuar o registo de imediato, quando se faz a observação no terreno.

Agora com a app, é ainda mais fácil ajudar a conservar esta espécie em Portugal! Se vir uma vaca-loura (ou qualquer outro escaravelho semelhante) efetue o seu registo!

imprimir
tags
outras notícias