conteúdos
links
tags
Campus
Colaboração alargada com o Grupo Visabeira e com a Vista Alegre em perspetiva
UA, Grupo Visabeira e Vista Alegre estreitam colaboração
Nuno Marques, Manuel António Assunção e Paulo Pires assinaram acordo
A Universidade de Aveiro (UA) e o Grupo Visabeira/Vista Alegre assinaram um acordo prevê a ampliação da parceria que se tem vindo a consolidar. Projetos de investigação e desenvolvimento tecnológico, estágios para alunos ou recém-graduados, prestação de serviços, divulgação e sensibilização estão previstos no acordo assinado a 21 de março, no edifício da Reitoria da UA. Prevêem-se ainda bolsas de estudo para os filhos dos funcionários das empresas do Grupo Visabeira.

O Reitor da UA, Manuel António Assunção, Nuno Marques, presidente da Comissão Executiva do Grupo Visabeira, e Paulo Pires, presidente da Comissão Executiva da Vista Alegre Atlântis, estiveram presentes nesta sessão que, reconheceram os responsáveis presentes na cerimónia, marca o início de uma nova fase nas relações entre as entidades signatárias.

O Reitor qualificou a assinatura do acordo como “um momento importante para a UA”. Manuel António Assunção enquadra esta iniciativa no “ADN” da instituição que quer ser reconhecida pela estreita ligação à região, às suas empresas e entidades diversas, estratégia essa impressa logo na sua criação pelo então ministro Veiga Simão e desenvolvida ao longo dos anos. O papel de João Lopes Baptista, fundador do Departamento, então designado de Engenharia de Cerâmica e Vidro, hoje de Engenharia de Materiais e Cerâmica, que impulsionou a pioneira Associação de Apoio à Cerâmica (parceria entre a UA e as empresas) foi assinalado pelo Reitor.

Confiante que o documento “ajude a fazer melhor”, lançou três desafios que, na sua perspetiva, são enquadráveis pelo documento: o desenvolvimento de um grande projeto com o Grupo Visabeira, à semelhança dos projetos em curso com a The Navigator Company e com a Bosch Termotecnologia, que funcione em benefício mútuo; o aumento do número de estágios da UA nas empresas do Grupo Visabeira; e uma maior colaboração na área do Design, entre as entidades.

Potencial alargado de colaboração  

“O ato que aqui hoje realizamos é muito mais do que um acordo formal. É a garantia de que, em conjunto, seremos mais fortes para levar por diante este protocolo de colaboração.”, considerou o presidente da Comissão Executiva do Grupo Visabeira. O Grupo Visabeira, ao longo da sua história, tem-se afirmado como um player nas engenharias de telecomunicações, seja nas redes fixas, seja nas móveis, nas áreas de energias tradicionais e nas renováveis, no turismo, da saúde e serviços, entre outras, afirmou Nuno Marques. Nesse sentido, o acordo perspetiva a colaboração em projetos de diversas áreas de atividade. No âmbito da Visabeira Global, prevê colaboração na investigação e inovação em telecomunicações, energia, telecomunicações para redes e nos sistemas Internet of things, sistemas de engenharia e inspeção avançada. Entre outros tópicos protocolares, o responsável inclui a abertura das empresas do Grupo a estágios de alunos da UA e, no âmbito das atividades da Fundação Visabeira, regista a extensão dos benefícios sociais a bolsas de estudo de que podem beneficiar os filhos dos colaboradores do Grupo.

Por seu turno, o presidente da Comissão Executiva da Vista Alegre Atlantis referiu que, com esta iniciativa, permite que a empresa continue a desenvolver-se e a criar ainda com mais inovação. “O saber que emana da vossa formação de excelência, aliada à investigação, das mais avançadas da atualidade e aplicada às nossas operações, darão um contributo determinante para que continuemos na vanguarda e no pioneirismo do sector”. “Com este protocolo, acreditamos convictamente que a nossa estratégia assente no três is – inovação nos produtos, inovação nos processos e inovação na gestão - sairá reforçada e potenciar sinergias entre as instituições.”, concluiu Paulo Pires.

imprimir
tags
outras notícias