conteúdos
links
tags
Bolsas
Candidaturas de 14 de março a 3 de abril de 2018
Bolsa de Pós-Doutoramento no âmbito do Projeto ENGAGE SKA
Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 Bolsa de Pós-Doutoramento no âmbito do Projeto ENGAGE SKA, com a ref.ª POCI-01-0145-FEDER-022217, financiado pelo Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (COMPETE 2020), na componente FEDER – Fundo Nacional de Desenvolvimento Regional, e pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, I.P., na componente nacional.

Ref. BPD-9 (4929/2018)

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 Bolsa de Pós-Doutoramento no âmbito do Projeto ENGAGE SKA, com a ref.ª POCI-01-0145-FEDER-022217, financiado pelo Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (COMPETE 2020), na componente FEDER – Fundo Nacional de Desenvolvimento Regional, e pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, I.P., na componente nacional, nas seguintes condições:

 

Área Científica: Astrofísica

 

Requisitos de admissão: Possuir o grau de Doutor numa das seguintes áreas: Astrofísica, Ciências Planetárias, Física Solar, Geofísica (ou áreas relacionadas). Dá-se preferência a quem possua bons conhecimentos de computação, estrutura interna de planetas, atmosferas planetárias, e magneto-hidrodinâmica. Serão também aceites e avaliadas as candidaturas de investigadores que trabalhem noutros temas de investigação relacionados com o campo dos exoplanetas e com o SKA "Cradle of Life".

 

Plano de trabalhos: Os campos magnéticos à escala planetária são uma janela para o interior do planeta e protegem a atmosfera e a superfície do planeta para a vida. Quando acoplados a electrões energéticos (keV), tais como os produzidos pelas interações do vento solar com a magnetosfera, as regiões polares do campo magnético planetário são o lugar emissões rádio intensas. Estas emissões são produzidas por todos os planetas magnetizados no sistema solar na faixa de MHz, e até 40 MHz em Júpiter. A detecção de emissões semelhantes em exoplanetas vai fornecer restrições sobre o estado térmico, composição e dinâmica do seu interior. O Square Kilometer Array (SKA) é um projeto global para construir um radiotelescópio polivalente que irá desempenhar um papel importante na resposta a questões-chave na Astrofísica moderna. O SKA irá permitir observações únicas para compreendermos a física das interações estrela-planeta na faixa de frequência abaixo de 15 GHz. Espera-se que o candidato selecionado realize investigação sobre as interações estrela-planeta (magnetosfera-vento solar, magnetosfera-ionosfera), a fim de preparar as futuras observações do SKA.

 

Legislação e regulamentação aplicável: Regulamento de Bolsas de Investigação da FCT, I. P. em vigor, (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/docs/RegulamentoBolsasFCT2015.pdf); Lei nº. 40/2004, de 18 de Agosto (Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica); e o Regulamento de Bolsas de Investigação Científica da Universidade de Aveiro – Regulamento n.º 341/2011, publicado em Diário da República, 2ª série, n.º 98, de 20 de Maio.

 

Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido no CIDMA – Centro de Investigação e Desenvolvimento em Matemática e Aplicações, Departamento de Física da Universidade de Aveiro, sob a orientação científica do Professor Doutor Alexandre Carlos Morgado Correia.

 

Duração da bolsa: A bolsa terá à duração de 12 meses, com início previsto em meados de Abril de 2018, eventualmente renovável por igual período, até ao limite do prazo de execução do projeto (máx: 36 meses).

 

Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa corresponde a €1495, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://alfa.fct.mctes.pt/apoios/bolsas/valores). A periodicidade de pagamento da bolsa é mensal e através de depósito bancário, cheque ou outra modalidade equivalente.

 

Métodos de seleção: Os candidatos serão avaliados com base no CV e em todos os outros documentos submetidos (70%), juntamente com uma entrevista (30%). Em cada item avaliado será atribuída uma valoração entre 0 e 20. A entrevista é obrigatória (podendo ser realizada por vídeo-conferência), mas só será realizada aos candidatos que tenham obtido uma classificação superior a 16 nos outros itens avaliados.

 

Composição do Júri de Seleção:

Presidente do Júri: Alexandre Carlos Morgado Correia; Vogal: Valério Alípio Roberts Machado Ribeiro; Vogal: Domingos da Silva Barbosa.

 

Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada por nota final obtida, afixada no site do Departamento de Física (http://www.ua.pt/fis/bolsas), sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de e-mail.

 

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de 14 de março a 3  de abril de 2018.

 

As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos: 1. Curriculum Vitae, 2. Programa de Trabalhos, 3. Carta de Apresentação onde se refere a Motivação e a Experiência relacionada com a posição oferecida, 4. Nome e contacto de duas pessoas que possam fornecer uma Carta de Recomendação, 5. Certificado de Habilitações (com tradução para português ou inglês). As candidaturas deverão ser remetidas por correio electrónico simultaneamente para o presidente do júri (correia@ua.pt) e para a Drª. Marta Teixeira (marta.m@ua.pt), só sendo aceites as candidaturas com confirmação de recepção.

imprimir
tags
outras notícias