conteúdos
links
tags
Emprego
CND-CTTRC-11-ARH/2018 (prazo de candidaturas: até 19-02-2018)
Contratação de Técnico Superior (M/F) para o Centro de Estudos do Ambiente e do Mar da UA
Pretende-se contratar em regime de contrato de trabalho a termo resolutivo certo um trabalhador equiparado a Técnico Superior para ocupar o posto de trabalho de Técnico de Sistemas de Modelação, no âmbito do plano de atividades do CESAM, com o apoio financeiro da FCT/MCES, através de fundos nacionais e quando aplicável cofinanciado pelo FEDER, no âmbito do acordo de parcerias PT2020.

Publicitação: Diário de Notícias, edição de 02 de fevereiro de 2018.

I - Nos termos da alínea c) do n.º 3 do artigo 23º dos Estatutos da Universidade de Aveiro, homologado pelo Despacho Normativo n.º 18-A/2009, publicados na 2ª Série do Diário da República, de 14 de maio de 2009, e do Regulamento Interno de Carreiras, Retribuições e Contratação de Pessoal não Docente e não Investigador em Regime de Contrato de Trabalho, publicado na 2ª Série do Diário da República n.º 223, de 17 de novembro de 2009, pretende-se contratar em regime de contrato de trabalho a termo resolutivo certo, com fundamento no disposto no n.º 2 do artigo 140.º do Código do Trabalho, aprovado e publicado em anexo, pela Lei n.º 7/2009, de 12 de fevereiro, no âmbito do plano de atividades do CESAM, com o apoio financeiro da FCT/MCES, através de fundos nacionais e quando aplicável cofinanciado pelo FEDER, no âmbito do acordo de parcerias PT2020 um trabalhador equiparado a Técnico Superior para ocupar o posto de trabalho de Técnico de Sistemas de Modelação, com as seguintes atribuições:

  • Apoio no planeamento e implementação de sistemas numéricos de simulação;
  • Apoio à implementação e melhoramento de sistemas de tratamento e análise de dados;
  • Planeamento e implementação de atividades de desenho de arquiteturas de bases de dados;
  • Geração de conteúdos multimédia e respetiva integração em aplicações web para os sistemas referidos;
  • Criação e disponibilização da informação técnica de suporte para os utilizadores dos sistemas referidos.

II — REQUISITOS DE ADMISSIBILIDADE:

HABILITAÇÕES

- Doutoramento no domínio da informática ou áreas afins.

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

- Experiência de pelo menos 1 ano, no desempenho de funções análogas às atribuições indicadas no ponto I, em instituições congéneres.

III — OUTROS REQUISITOS A PREENCHER

- Competências na língua inglesa;

- Competências nas seguintes áreas:

- Linguagens de programação nas componentes: científica e tecnologias web;

- Implementação e utilização de modelos computacionais num ou mais dos seguintes sistemas: atmosférico, oceânico e terrestre;

- Tratamento e análise de dados: atmosféricos e/ou oceânicos e/ou terrestres.

IV — REGIME:

Contrato de trabalho a termo resolutivo certo, por um ano, renovável nos termos legais.

V — RETRIBUIÇÃO:

Equiparado ao correspondente à carreira de Técnico Superior, na 5.ª posição remuneratória, nível 27 (€1819,38), acrescido do direito a subsídios de refeição, de férias e de Natal.

VI — HORÁRIO DE TRABALHO:

Período de 40 horas semanais, em regime de exclusividade, sujeito ao cumprimento de horário diário, nos termos da legislação aplicável e da regulamentação interna.

VII — LOCAL DE TRABALHO: Centro de Estudos do Ambiente e do Mar da Universidade de Aveiro.

VIII – COMPOSIÇÃO DO JÚRI:

Presidente: Doutora Ana Isabel Lillebø Batista, Investigadora Principal da Universidade de Aveiro;

Vogais efetivos: Doutor Carlos Alberto Diogo Soares Borrego, Professor Catedrático, e Doutor Jesús Manuel Pedreira Dubert, Professor Auxiliar, ambos da Universidade de Aveiro.

Vogais suplentes: Doutor Amadeu Mortágua Velho da Maia Soares, Professor Catedrático e Doutora Myriam Alexandra dos Santos Batalha Dias Nunes Lopes, Professora Auxiliar, ambos da Universidade de Aveiro.

IX — MÉTODOS DE SELEÇÃO DOS CANDIDATOS:

a) Avaliação curricular - tendo por base a análise das habilitações académicas, formação e experiência científicas e profissionais, constantes do curriculum vitæ.

b) Poderá ainda ser utilizado o método de seleção entrevista de avaliação de competências e perfil, no caso do júri não se considerar devidamente habilitado a decidir, em função da aplicação do método mencionado na alínea anterior.

IX.1 – Os critérios de apreciação e ponderação da avaliação curricular e da entrevista de avaliação de competências e perfil, bem como o sistema de classificação final, incluindo a respetiva fórmula classificativa, constarão de ata de reunião do Júri.

X — FORMALIZAÇÃO DE CANDIDATURAS:

Até ao dia 19 de fevereiro de dois mil e dezoito, através de requerimento dirigido ao Reitor da Universidade de Aveiro (disponível em www.ua.pt/sgrhf – Área de Recursos Humanos – concursos e ofertas de emprego), acompanhado de curriculum vitæ detalhado, de cópia do documento comprovativo das habilitações literárias, cópia dos certificados comprovativos da frequência de ações de formação, cópia das declarações comprovativas de experiência, entregues por correio eletrónico para sgrhf-concursos@ua.pt, pessoalmente ou por correio registado com aviso de receção, contendo menção explícita ao presente anúncio e respetiva referência, para o seguinte endereço:

Área dos Recursos Humanos da Universidade de Aveiro, Edifício Central e da Reitoria

Campus Universitário de Santiago, 3810-193 Aveiro.

As instruções para a apresentação da candidatura, em suporte digital, encontram-se disponíveis na área de Concursos e Ofertas de Emprego da área dos Recursos Humanos, no endereço https://www.ua.pt/sgrhf/PageText.aspx?id=15053.

X.1 A falta de entrega, dentro do prazo, de requerimento contendo menção explícita ao presente anúncio e respetiva referência, do curriculum vitæ detalhado, de cópia do documento comprovativo das habilitações literárias bem como cópia das declarações comprovativas de experiência, por factos imputáveis ao candidato, implica a exclusão do processo de seleção, sem necessidade de audiência prévia.

XI Conforme exarado no Despacho Conjunto n.º 373/2000, de 1 de março, do Ministro-Adjunto, do Ministro da Reforma do Estado e da Administração Pública e da Ministra da Igualdade, faz-se constar a seguinte menção:

“Em cumprimento da alínea h) do art.º 9.º da Constituição, a Administração Pública, enquanto entidade empregadora, promove ativamente uma política de igualdade de oportunidades entre homens e mulheres no acesso ao emprego e na progressão profissional, providenciando escrupulosamente no sentido de evitar toda e qualquer forma de discriminação”.

 

 Aveiro, em 08 de janeiro de 2018

O Reitor, Prof. Doutor Manuel António Cotão de Assunção

imprimir
tags
outras notícias