conteúdos
links
tags
Campus
Caloiros de 2017/2018 vieram de 375 escolas
Que escolas secundárias mais alunos enviaram para a UA?
À Universidade de Aveiro (UA) chegaram este ano letivo mais de 2000 novos estudantes. Vindos de 375 escolas secundárias de todos os cantos e ilhas do país, boa parte desses alunos, por naturais razões geográficas, é da zona centro do país onde se destacam algumas das escolas que ensinaram, acarinharam e incentivaram muitos dos novos alunos da Academia de Aveiro.

De Aveiro, José Estêvão, Mário Sacramento e Jaime Magalhães Lima são as personalidades históricas que dão o nome às três escolas secundárias que mais alunos enviaram para a UA este ano letivo. Da mesma forma, mas de fora de Aveiro, surgem as escolas Alves Martins (Viseu), Dr. Manuel Gomes de Almeida (Espinho) e a Secundária de Santa Maria da Feira.

Que incentivos dão estas escolas aos seus alunos para apostarem o futuro na universidade? E que imagem têm da UA em particular? Alguns dos diretores destas escolas respondem às perguntas. 

descrição para leitores de ecrã
Fernando Delgado Santos, diretor da Escola Secundária José Estêvão (Aveiro)

Que mecanismos tem Escola José Estêvão para incentivar os alunos a prosseguirem estudos no Ensino Superior?

Nas diversas ofertas formativas que disponibilizamos no ensino secundário, o ensino superior é o percurso de prosseguimento formativo em mais apostamos quer através do estímulo/motivação/informação aos alunos, quer através de iniciativas de orientação vocacional, palestras, mostras, desenvolvimento do currículo do secundário com parcerias/afinidades a áreas de interesse no ensino superior, desenvolvimento de projetos, etc.

Que imagem tem da UA?

A UA é o nosso parceiro natural quer pela natureza geográfica quer pela diversidade dos Cursos que oferece. O nosso conhecimento sobre a UA é vasto e temos relações de parceria em diversas áreas. O modelo institucional do conhecimento mútuo das organizações e as relações de parceria valorizam sobremaneira a imagem que temos e damos delas aos nossos alunos, especialmente neste caso - o da UA.

descrição para leitores de ecrã
Mário Lavrador, diretor da Escola Secundária Mário Sacramento (Aveiro)

Que mecanismos tem Escola Secundária Dr. Mário Sacramento para incentivar os alunos a prosseguirem estudos no Ensino Superior?

Os mecanismos que a Escola Secundária Dr. Mário Sacramento tem para incentivar os alunos a prosseguir estudos no ensino superior são:

_ Valorizar a enorme vontade e motivação dos alunos para conseguirem os melhores resultados, por forma a entrarem nos cursos pretendidos.

_ Por parte da direção, dos diretores de turma e professores, incentivar os alunos a darem o seu máximo, incutindo-lhes valores, tais como, o empenho, a dedicação e a exigência.

_ Por parte dos professores das diversas áreas e por parte da psicóloga o desenvolvimento de atividades, que lhes permitem adquirir o maior número de informações (visitas de estudo a Universidades e a empresas, palestras sobre a entrada no ensino superior, apresentações por parte das entidades de ensino superior, nas quais a Universidade de Aveiro está sempre presente, assim como em exposições de stands das Universidades e Politécnico).

Que imagem tem da UA?

Os alunos, a direção, os professores e a psicóloga têm uma imagem muito positiva da UA, uma vez que ela é uma das melhores Universidades do país, revelando dinamismo e boa organização. É por esta razão que os alunos quando escolhem os cursos, se eles existem na UA, não sentem necessidade de procurar outra universidade.

descrição para leitores de ecrã
Helena Libório, diretora da Escola Básica e Secundária Dr. Jaime Magalhães de Lima (Aveiro)

Que mecanismos tem a Escola Dr. Jaime Magalhães Lima para incentivar os alunos a prosseguirem estudos no ensino Superior?

No Dia do Agrupamento trazemos sempre à Escola, na sessão solene, antigos alunos que prosseguiram estudos. Estes antigos alunos da Escola apresentam aos atuais alunos uma comunicação na qual enfatizam, através da sua experiência pessoal, a importância do percurso e qualificações académicas para a sua vida pessoal e profissional.

Todos os anos levamos os nossos alunos a conhecer a Universidade de Aveiro, participando em diversas atividades, como forma de promover o interesse pelo conhecimento cientifico.

Participamos e promovemos feiras vocacionais de modo a dar a conhecer aos alunos as diversas ofertas e percursos no ensino superior politécnico e universitário.

Que imagem tem da UA?

A UA é uma instituição de ensino superior reconhecida a nível regional, nacional e internacional, sendo uma referência em múltiplas áreas científicas e também pela sua ligação ao meio empresarial. Por isso, a UA tem sido cooptada para integrar o conselho geral do Agrupamento de Escolas de Esgueira, sendo também um parceiro imprescindível em vários projetos que desenvolvemos ou em que participamos.

descrição para leitores de ecrã
José Ilídio Alves de Sá, diretor da Escola Básica e Secundária Dr. Manuel Gomes de Almeida (Espinho)

Que mecanismos tem a Escola Dr. Manuel Gomes de Almeida para incentivar os alunos a prosseguirem estudos no Ensino Superior?

A nossa instituição tem procurado, ao longo dos anos, incutir nos seus alunos (a adultos) a importância de estarem constantemente em processo de aprendizagem e de valorização académica, pelo que esta dinâmica passa necessariamente pelo ingresso no Ensino Superior. Um dos principais mecanismos utilizado pelo Agrupamento passa pelos seus Serviços de Psicologia e Orientação que, em estreita colaboração com os Diretores de Turma e os encarregados de educação dos alunos dinamiza, ao longo do ano, sessões de esclarecimento com as respetivas turmas ao mesmo tempo que disponibiliza um acompanhamento individual. Sempre que possível, também se pede a colaboração de ex-alunos (a frequentar o Ensino Superior ou mesmo no ativo) para virem partilhar as experiências com os nossos estudantes.

Outra das estratégias utilizadas passa pela dinamização de uma atividade com a designação de "Rumos - Oferta Formativa" (normalmente realizada em dois dias do mês de maio) em que, por exemplo, se convidam instituições do Ensino Superior para virem ao terreno divulgar os seus cursos e o trabalho que realizam. Um terceiro mecanismo passa pela realização de visitas de estudo às instituições do Ensino Superior (como é o caso da Universidade de Aveiro) ou mesmo pela participação em atividades/concursos que dinamizam. Também convidamos docentes dessas instituições a virem ao nosso Agrupamento para participarem em atividades do nosso Plano Anual. Por fim, podemos ainda salientar os diversos protocolos que assinamos com essas instituições (sobretudo com a UA e a Universidade do Porto).

Que imagem tem da UA?

A imagem que temos da UA é francamente positiva. É uma instituição que abrange as mais diversas áreas do saber e distingue-se, por esse motivo, pela diversidade da sua oferta formativa. Tem-se destacado pela qualidade/variedade do ensino ministrado. Pauta-se, por outro lado, pela facilidade da integração dos seus alunos. Por fim, consideramos que a Universidade de Aveiro tem uma imagem sólida de uma instituição que promove uma estreita articulação com o mundo do trabalho.

imprimir
tags
outras notícias