conteúdos
links
tags
Campus
Comissário europeu para a Investigação, Ciência e Inovação visitou UA
Carlos Moedas considera dinâmica da UA um exemplo a levar para Bruxelas
Carlos Moedas considera dinâmica da UA um exemplo a levar para Bruxelas
No âmbito da 5ª edição do Roteiro da Ciência, Carlos Moedas, comissário europeu para a Investigação, Ciência e Inovação, esteve esta quinta-feira (12 de outubro) na Universidade de Aveiro (UA). Depois de visitar o CICECO - Instituto de Materiais de Aveiro, a Incubadora de Empresas, a Fábrica Centro Ciência Viva e o Parque de Ciência e Inovação, destacou a grande energia da instituição, os exemplos práticos da aplicação da ciência no dia a dia e a relação próxima existente com as empresas, considerando “um excelente exemplo para levar para Bruxelas”.

É uma Universidade que tem “uma grande energia", onde é notória a “grande capacidade dos seus quadros (professores e investigadores), com exemplos concretos do que é aplicar ciência ao dia a dia, e com uma relação próxima com as empresas. É, portanto, um excelente exemplo para levar para Bruxelas”, disse Carlos Moedas, no final daquela que foi a sua primeira visita à UA.

Depois de uma breve apresentação da Universidade, pelo Reitor Manuel António Assunção, o comissário europeu para a Investigação, Ciência e Inovação pôde ficar a par da investigação de excelência produzida pelo CICECO - Instituto de Materiais de Aveiro. João Rocha, diretor deste laboratório associado, destacou o facto de se tratar do maior instituto de materiais do país, envolvendo quase 400 pessoas, e de ser o melhor equipado para a investigação em ciências dos materiais.

descrição para leitores de ecrã Numa comitiva que integrava os administradores da Nokia e da Bosch Termotecnologia e o presidente da Navigator Company, Carlos Moedas conheceu, na Incubadora de Empresas, alguns exemplos práticos da aplicação da ciência e inovação de quem está agora a dar os primeiros passos no mundo empresarial e foi surpreendido com a oferta de uma impressora 3D made in UA.

Depois de uma breve passagem pela Fábrica - Centro de Ciência Viva, a visita à UA terminou no Parque e Ciência e Inovação. Esta sociedade anónima, com a marca registada Creative Science Park – Aveiro Region, ambiciona projetar-se como um espaço inovador e inteligente, que propicie as mais avançadas bases do conhecimento para o desenvolvimento socioeconómico da região e do país, através da consolidação e potenciação das sinergias decorrentes da Investigação, da Inovação, do Conhecimento Técnico-Científico, integrando e dinamizando uma simbiose mais intensiva e interativa -Investigação-Inovação – Empreendedorismo – Sociedade.

O Creative Science Park – Aveiro Region integra vários edifícios com soluções concetuais inteligentes e inovadoras de suporte à sua atividade, com as seguintes unidades orgânicas: Incubadora, Design Factory e Laboratórios de Uso Comum, que disponibilizarão, numa lógica colaborativa, a prestação de serviços de ID&T, inovação e partilhados.

Veja aqui as fotos de toda a visita

 

imprimir
tags