conteúdos
links
tags
Conferências
Dias 19 e 20 de outubro
Desafios e oportunidades da globalização para as instituições de ensino superior portuguesas em análise na UA
Seminário ¿Educação para um mundo global: desafios e oportunidades em instituições portuguesas de Ensino Superior¿¿
O Centro de Investigação Didática e Tecnologia na Formação de Formadores (CIDTFF) promove nos dias 19 e 20 de outubro, no Departamento de Educação e Psicologia da UA, o seminário “Educação para um mundo global: desafios e oportunidades em instituições portuguesas de Ensino Superior”. A iniciativa contará com a participação de David Killick, da Leeds Beckett University (Reino Unido), que irá proferir a palestra "Intercultural learning: education for a globalising world". A iniciativa é de participação gratuita, mas com inscrição obrigatória até 6 de outubro.

Os interessados devem fazer o seu registo através do formulário desenvolvido para o efeito.

O mundo de hoje enfrenta mudanças permanentes e é cada vez mais globalizado – problemas locais tornaram-se preocupações globais e ações locais têm repercussões a uma escala planetária. Este mundo global coloca inúmeros desafios às Instituições de Ensino Superior (IES) que têm de se adaptar à crescente diversidade de pessoas, culturas e línguas; disponibilizar novas modalidades de ensino e de aprendizagem capazes de preparar os estudantes para viverem e trabalharem em contextos diversificados; e aumentar os seus esforços colaborativos, em busca de soluções para alguns dos problemas mundiais mais prementes.

Para fazer face a estas exigências, quer no imediato quer como preparação para o futuro, as IES têm vindo a adotar políticas e estratégias de internacionalização. Ao nível mundial, as estratégias mais comuns centram-se no recrutamento de estudantes internacionais, no incentivo à participação em projetos internacionais, na criação de parcerias além-fronteiras, no ensino em língua inglesa, e na internacionalização do currículo.

Em Portugal, a internacionalização ganhou importância nas áreas dos negócios e do comércio na última década, como estratégia para superar a crise financeira e, mais recentemente, no Ensino Superior. Um sinal disto mesmo foi a elaboração de um conjunto de recomendações pelo Ministério da Educação e da Ciência (2014) que define uma estratégia nacional de internacionalização para as IES. Esta estratégia foca-se na colaboração interinstitucional, na mobilidade, na competência em línguas estrangeiras e na promoção institucional. Desta forma, a internacionalização é um tema central no debate político e académico e as IES enfrentam questões fundamentais relacionadas com a forma como podem responder às forças da globalização.

O Centro de Investigação Didática e Tecnologia na Formação de Formadores (CIDTFF), sediado na Universidade de Aveiro, tem estado ativamente envolvido em investigação sobre a internacionalização no Ensino Superior português, nomeadamente através de três projetos que focam diferentes facetas desta problemática: (i) internacionalização do currículo e internacionalização em casa; (ii) política linguística e internacionalização; e (iii) cooperação internacional para o desenvolvimento na formação de professores.

Este seminário organiza-se em torno destas linhas temáticas, com o objetivo de partilhar e discutir os resultados dos projetos, assim como discutir os desafios e oportunidades inerentes à internacionalização. A discussão será promovida através de comunicações e palestras dinamizadas por investigadores na área e através de mesas redondas que reúnem investigadores em educação, académicos, responsáveis institucionais e outros parceiros-chave no Ensino Superior.

Mais informações sobre esta iniciativa podem ser consultadas em http://seminariointernacionalizao.web.ua.pt/

imprimir
tags
evento relacionado
 
outras notícias