conteúdos
links
tags
Campus
Viagem de alunos de Mandarim de 31 de julho a 16 de agosto
Alunos de Mandarim vivem experiência na China, com o apoio do IC-UA
Alunos de Mandarim no ensino secundário da região já foram à China em 2016
São 33. Alunos dos 10.º e 11.º anos de escolaridade. Têm em comum o estudo do Mandarim. E isso bastou para serem recebidos de braços abertos na grande China, com apoio do Instituto Confúcio da Universidade de Aveiro (IC-UA), da Universidade de Línguas Estrangeiras de Dalian e de três escolas da região centro onde têm vindo a estudar, no âmbito de um projeto-piloto acordado com o Ministério da Educação.

A partida está marcada para dia 31 de julho e a chegada para 16 de agosto, a Lisboa. A aventura incluirá atividades culturais, desportivas, visitas a locais icónicos da China, em Dalian e em Pequim, tais como a Grande Muralha, os túmulos da dinastia Ming, a Cidade Proibida, o Templo do Céu, o Palácio de Verão, e, claro, atividades culturais relacionadas com a língua que têm vindo a aprender e que motivam a viagem.

Na primeira edição desta aventura, no ano passado, foram 13 alunos, acompanhados de uma monitora (ver foto em anexo). Em 2017 vão 33 alunos, provenientes das escolas secundárias Oliveira Júnior (S. João da Madeira), Soares Bastos (Oliveira de Azeméis) e D. Duarte (Coimbra).

As despesas relacionadas com a estada na China são garantidas pelas autoridades chinesas, apenas a viagem internacional é suportada pela família de cada aluno.

imprimir
tags
evento relacionado
 
outras notícias