conteúdos
links
tags
Cultura
Inauguração agendada para 10 de julho
Exposição "Entre a literatura e a pintura"
Biblioteca da UA promove formação
Uma exposição de pintura, da autoria de José Augusto Martins, vai estar patente na Sala de Exposições Hélène de Beauvoir, na Biblioteca da UA, entre 10 e 31 de julho, podendo ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h00 às 18h00. A inauguração está prevista para as 18h00, de segunda-feira (10 de julho). A iniciativa conta com a colaboração dos Serviços de Biblioteca, Informação Documental e Museologia da Universidade de Aveiro.

As obras em exposição foram criadas entre 1990 e 2016 e inspiradas em algumas das obras literárias de Eça de Queirós, Agustina Bessa-Luis, José Saramago, Patrick Suskind, entre outros. São diversas as técnicas utilizadas e dimensões das obras, algumas delas expostas ao público pela primeira vez.

Os temas que serviram de base para a elaboração destes trabalhos foram extraídos de romances de diferentes escritores, que o autor foi lendo ao longo dos anos e deixaram uma memória que exploreu do ponto de vista da imagem. "Neste caso, a pintura através de um processo de “recreação” das emoções vividas", como refere o autor, que diz ainda que "em alguns casos elaborei apenas um quadro, noutros foram vários, dependendo de fatores mais ou menos subjetivos, como o tempo disponível, a complexidade da obra ou a técnica utilizada."

Para aqueles que eventualmente tenham lido algum dos romances que serviram de inpiração ao autor, poderá ser um desafio encontrarem na exposição um elo de ligação entre as suas próprias memórias e a pintura que exposta. "Para os que não leram, poderá ser um pretexto para o fazerem", diz o autor.

As técnicas e os materiais utilizados neste conjunto de obras vão desde o acrílico à aguarela, à colagem, ao carvão e ao pastel seco.

Para José Augusto Martins "a arte no geral, quer sejamos produtores ou apenas apreciadores, para além de muitas outras questões, permite-nos uma relação mais abrangente para com tudo aquilo que nos rodeia, com o mundo. A subjetividade que comporta é uma consequência inerente à sua função e que de alguma maneira revela a complexidade do ser humano."

José Augusto Martins nasceu em 1959, é Arquiteto e expõe as suas obras desde 1993.

Esta exposição está patente na Biblioteca da UA, entre os dias 10 e 31 de julho de 2017. A entrada é livre.

imprimir
tags
evento relacionado