conteúdos
links
tags
Campus
Bolsa de mérito desportivo
Conquistas desportivas dos estudantes da UA valem isenções e reduções de propinas
Entre tantos medalhados nesta época, os atletas da equipa de basquetebol masculino da AAUAv estão abrangidos pela bolsas
A Universidade de Aveiro (UA) atribuiu bolsas de mérito aos estudantes que se destaquem no desporto e que tenham sucesso académico. Os prémios, dependendo dos resultados desportivos alcançados, podem ir da isenção total ou parcial no pagamento de propinas até, caso o estudante participe nos Jogos Olímpicos, ao pagamento de uma bolsa de valor equivalente a 1,5 vezes o valor da propina nacional.

Numa época desportiva em que a Associação Académica da Universidade de Aveiro (AAUAv) alcançou um histórico 2.º lugar no Troféu Universitário de Clubes, com 73 medalhas conquistadas nos Campeonatos Nacionais Universitários, a medida da UA, implementada no último ano, quer continuar a atrair mais e melhores estudantes-atletas, dando-lhes para isso todas as condições estruturais e financeiras que lhes permita conciliar os estudos com uma prática desportiva de alto nível.

“A UA encara como parte da sua missão a formação global do indivíduo, do que é indissociável a valorização da prática desportiva”, aponta Gonçalo Paiva Dias. Neste contexto, afirma o Vice-reitor da UA para a área académica, “achamos fundamental premiar os estudantes que conseguem conciliar o sucesso académico com a obtenção de resultados desportivos de relevo, quer nas competições universitárias quer nas competições oficiais. É este o espírito das bolsas de mérito desportivo”.

AAUAv aponta mais-valias

"As bolsas de mérito desportivo, permitem aos estudantes interligar uma carreira dual com o seu percurso académico", aponta Xavier Vieira, presidente da Associação Académica da UA. "Valorizando de forma plena a competição e permitindo uma adaptabilidade que se distingue de todas as instituições do ensino superior de Portugal, através das marcações dos exames até ao ponto de descontos no valor da propina consoante os resultados obtidos, quer seja no contexto do desporto universitário ou de competição", diz o responsável estudantil.

O regulamento das bolsas de mérito desportivo da UA abrange todos os estudantes que, estando inscritos a tempo integral e tendo obtido aproveitamento escolar, consigam alcançar o pódio nas Universíadas, nos Campeonatos Mundiais Universitários ou nos Campeonatos Europeus Universitários. Em caso de medalhas nestas competições, os estudantes ficam isentos do pagamento da propina.  Já nos Campeonatos Nacionais Universitários, os estudantes que alcancem o primeiro, o segundo ou o terceiro lugar receberão, respetivamente, uma bolsa no valor de 50, 30 ou 15 por cento do valor integral da propina.

A participação nos Jogos Olímpicos (com bolsa de valor equivalente a 1,5 vezes o valor da propina), em Campeonatos do Mundo (valor da propina) ou da Europa (80 por cento do valor da propina) ou a representação do país com as cores da seleção portuguesa (50 por cento do valor da propina) em competições oficiais vale também aos estudantes o reconhecimento pelo regulamento.  Da mesma forma, ser campeão nacional em alguma das modalidades federadas passa a significar que o estudante recebe 30 por cento do valor da propina.

imprimir
tags
outras notícias