conteúdos
links
tags
Conferências
Evento promovido pela UA em parceria com a ASLERD decorre a 22 e 23 de junho no DeCA
UA recebe conferência internacional sobre ecossistemas inteligentes de aprendizagem
Conferência internacional na UA debate aprendizagem, tecnologias e território
Ecossistemas inteligentes de aprendizagem no contexto dos desafios da sociedade é o tema principal de uma conferência internacional que decorre na Universidade de Aveiro (UA) para a qual estão inscritos peritos de 19 países. Marco Marsella, responsável pela Unidade de Acessibilidade, Aprendizagem, Internet Segura e Linguagens Tecnológicas da Comissão Europeia, e Damien Schofield, professor da Universidade do Estado de Nova Iorque, que falará sobre o poder das diversas dimensões da realidade aumentada e do jogo na educação e no território, são os dois palestrantes convidados.

Pela segunda vez, a Association for Smart Learning Ecosystems and Regional Development (ASLERD) vai reunir na UA os seus membros e os investigadores em novas tecnologias de aprendizagem e desenvolvimento do território. O encontro envolve cerca de seis dezenas de especialistas de 19 países e decorre no auditório do Departamento de Comunicação e Arte da UA (DeCA). 

Dois dos investigadores presentes são palestrantes convidados. Marco Marsella, da Comissão Europeia, falará sobre “A transformação digital e inovação social: o papel dos ecossistemas de aprendizagem e os contributos dos projetos de investigação e inovação da União Europeia”. O académico e investigador Damien Schofield, que se apresenta como malabarista, apreciador de romances de cordel, cinéfilo e crítico de cinema, artista e ator, pensador e filósofo não assumido – a imagem de um “showman” -, falará sobre o poder do entrecruzamento de realidade aumentada e do uso das lógicas de jogo: “Building bridges between education end territory: the power of mixed reality and gamification”. A conferência desdobra-se em três temas principais: aprendizagem inteligente e território, aprendizagem inteligente e tecnologias e aprendizagem inteligente: modelos e boas práticas. 

Previamente à Conferência desenrolaram-se duas competições de projetos de estudantes que vão ser apresentados durante o evento. Um concurso de trabalhos dirigido a alunos da UA e outro dirigido a estudantes internacionais. Do primeiro resultaram dois projetos, “ELE - Electronics Learning Ecosystem” e “Spire UA - (re)descobre a Universidade de Aveiro”. “ELE” foi realizado por alunos do terceiro ano do Mestrado Integrado em Eletrónica e Telecomunicações (André Gradim, Duarte Dias, Pedro Magalhães, Pedro Martins, Nuno Matos) e “Spire” foi desenvolvido por de alunos do terceiro ano de Novas Tecnologias da Comunicação (Stephanie Garcia, Maria João Cunha, Eduardo Santos).

Quanto à competição internacional para estudantes (http://www.mifav.uniroma2.it/inevent/events/aslerd/index.php?s=232&a=432), resultou em três projetos: “MultiActivity Book” – apresentado por Raffaele Di Fuccio (italiano); “Music Game” – apresentado por Alexandros-Panagiotis Giakalis (grego) e Mark Kronborg Poulsen (dinamarquês), e ainda “Turn Talk Device”, por Rizvi Syed Mehdi Abbas (paquistanês).

Fernando Ramos, professor do Departamento de Comunicação e Arte da UA e membro da direção da ASLERD, é chair do evento. Ana Isabel Veloso e Óscar Mealha, também professores na mesma unidade orgânica, são vice-chairs.

Mais informações no ficheiro disponível em PDF no menu da direita.

imprimir
tags
veja também
 
ficheiros associados
evento relacionado
 
outras notícias