conteúdos
links
tags
Campus
Sistema enquadra-se na estratégia da UA para um campus mais sustentável
UA melhora gestão de resíduos dentro do campus
Novo sistema de gestão de resíduos da UA está associado a um sistema de indicadores
Um novo sistema de separação e recolha seletiva de resíduos em todo o espaço da Universidade de Aveiro (UA) tem vindo a ser aplicado para uma maior eficiência, permitindo monitorização de indicadores e metas de desempenho ambiental. O novo sistema pressupôs a redistribuição de ecopontos, de pontos de recolha seletiva e a instalação de novos pontos de recolha. Os Serviços de Gestão Técnica e Logística apelam a uma participação ainda mais ativa da comunidade da UA, consciente de que todos os membros colaboram para uma UA mais sustentável.

Associado a estes objetivos está um outro: progressivamente ir deslocando a deposição e recolha de resíduos sólidos do troço nascente da Rua B, entendido como a frente do campus, para o troço poente da mesma rua, circundante à alameda da UA, ou seja, entre o depósito de água e a cantina de Santiago.

Uma única empresa passa a ser responsável pela recolha e tratamento dos resíduos produzidos, incluindo resíduos domésticos ou indiferenciados, plásticos e embalagens, vidro, papel e cartão, óleos alimentares, biológicos, químicos, hospitalares e orgânicos provenientes dos restos alimentares das cantinas. Uma das vertentes da solução de gestão de resíduos é a compostagem dos resíduos orgânicos, que está a cargo da empresa concessionária.

O sistema envolveu também a colocação de contentores e ecopontos novos em pontos estratégicos em vários pisos e locais dos departamentos e escolas superiores da UA, unidades de investigação e serviços. Assim, para que o sistema cumpra os seus objetivos, é necessária uma participação ativa da comunidade que deve colocar os resíduos nos novos contentores, de acordo com as suas características e, preferencialmente, colocar as maiores quantidades de resíduos nos ecopontos distribuídos pelo campus pouco antes do momento da recolha. Resíduos indiferenciados são recolhidos às segundas, quartas e sextas-feiras de manhã; resíduos recicláveis são recolhidos uma vez por semana, às quartas-feiras; outros resíduos são recolhidos conforme planeamento articulado com os serviços ou unidades orgânicas (este planeamento encontra-se ainda em fase de adaptação, pelo que eventualmente sujeito a alterações).

Para um campus mais sustentável

O sistema enquadra-se na Estratégia para o Campus Sustentável da Universidade de Aveiro 2014-2020, proposta pelo Grupo de Missão para o Desenvolvimento Sustentável, vertida no objetivo estratégico “Valorizar o Património” dos planos de atividades da UA de 2016 e de 2017, nomeadamente no tópico “Promoção de medidas de sustentabilidade na UA (“implementar sistema de gestão integrada de gestão de resíduos”).

Ainda na sequência da estratégia da UA para a sustentabilidade, está a decorrer, em articulação com o Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE) e o apoio técnico da Universidade de Gotemburgo, no âmbito da rede internacional Columbus, um projeto para a organização de um sistema de gestão ambiental na UA, com possibilidade de posterior certificação ambiental.  A gestão integrada dos resíduos na UA é componente essencial do referido processo de implementação do sistema de gestão ambiental.

“A gestão integrada de resíduos na UA permitirá uma melhor caraterização da realidade, apoiada na quantificação através de indicadores de desempenho, o que possibilitará uma maior eficiência do sistema, com uma maior taxa de reutilização e de reciclagem. A UA reforça, assim, a sua aposta no caminho da sustentabilidade e perspetiva a sua gestão e atuação enquadrada numa lógica de economia circular, aplicada ao ensino superior”, explica, Ana Isabel Miranda, professora do Departamento de Ambiente e Ordenamento na UA, coordenadora do Grupo de Missão e da equipa da UA no projeto com a rede Columbus.

imprimir
tags
outras notícias