conteúdos
links
tags
Conferências
Horizontes da Física
Palestra - O universo gravitacional: uma nova visão do cosmos
A edição deste ano do ciclo
O American Corner da UA em colaboração com a FISUA – Associação de Física da Universidade de Aveiro, promove a palestra do professor Shane Larson “O universo gravitacional: uma nova visão do cosmos”, integrada na sétima edição do ciclo de palestras “Horizontes da Física”. A palestra tem lugar no dia 22 de março, às 21h30, no Grande Auditório da Reitoria da UA. Entrada livre.

Resumo

Quase tudo o que sabemos sobre o Universo foi descoberto a partir do estudo de fotões - luz nas suas diversas formas, desde ondas rádio, luz visível e raio X, entre outras.

No início do século 21, tecnologia avançada permite ter acesso ao Cosmos através da deteção de ondulações no tecido do espaço-tempo.

Estas ondulações no espaço-tempo, chamadas ondas gravitacionais, transmitem informação não na forma de luz ou partículas, mas sim na forma da própria gravidade.

Na manhã do dia 14 de setembro de 2015, o tão esperado sinal das ondas gravitacionais chegou ao par de detetores da LIGO em Hanfrod, Washington, e Livingston, Louisiana. O sinal era a assinatura de dois buracos negros a fundir e a formar um novo, maior buraco negro. O evento aconteceu a 1.3 mil milhões de anos luz de distância, e a informação tem estado a viajar até à Terra desde antes de existirem seres multicelulares no nosso planeta.

Nesta palestra, vamos falar sobre esta enorme descoberta - como descobrimos o evento, como a LIGO o viu, o que nos ensinou acerca do Universo, e o que o futuro nos reserva. 

Sobre o palestrante

Shane Larson é professor associado e investigador na área da Física na Universidade Northwestern, onde é um membro do CIERA (centro de exploração e investigação interdisciplinar em astrofísica). É também um astrónomo no Adler Planetarium. A sua investigação é focada na astrofísica das ondas gravitacionais, com especialização em estudos de estralas compactas, binárias e galáxias. Trabalha na astronomia de ondas gravitacionais com o projeto LIGO (detetor ao nível do solo) e também com o futuro detetor LISA (detetor no espaço). 

Cresceu em Oregon (E.U.A) e estudou na Universidade de Oregon, onde, em 1991, concluiu a licenciatura em Física. Após a sua formação em Oregon, estudou na Universidade de Montana de onde saiu com um mestrado em Física (1994) e um doutoramento em Física Teórica (1999). Antes de ir para a Northwestern, foi professor associado de Física na Universidade de Utah. É um professor premiado e sócio honorário da American Physical Society. 

Fora da vida académica, Shane é um entusiasta de astronomia, observando os céus com dois telescópios Dobsonianos que ele próprio montou, chamados EQUINOX e COSMOS MARINER. Vive em Chicago com a sua mulher, filha e gatos. Além da astronomia, gosta de caminhadas, andar de BTT e geocaching, e tem uma coleção deLEGO, canetas de tinta permanente e telescópios. 

Shane contribui regularmente para o blog público de ciência - https://writescience.wordpress.com/, e podem seguir as suas contribuições no twitter - https://twitter.com/sciencejedi.

imprimir
tags
veja também
 
evento relacionado
 
outras notícias