conteúdos
links
tags
Entrevistas
José Duarte em entrevista: final das comemorações dos 50 anos da rubrica de jazz
“‘Cinco minutos de jazz' veio cortar o silêncio em Portugal em relação à boa música”
José Duarte afirma que o jazz
“Eu devia estar exuberante pelos 50 anos da rubrica 'Cinco minutos de jazz'!... De certo modo, estou, porque isso significa trabalho realizado.” José Duarte, divulgador de jazz, autor da mais antiga rubrica de jazz da rádio portuguesa, em entrevista, não esconde o orgulho pelo quase incessante e longo trabalho diário – com alguns períodos de interrupção da rubrica – mas salienta as dificuldades que considera ainda existirem quanto ao reconhecimento do género em Portugal: “O Jazz é uma permanente luta”. A Universidade de Aveiro (UA) assinala o meio século desta rubrica de jazz com um programa de atividades a 21 de fevereiro. Uma delas é a exposição de cartazes do acervo que José Duarte doou à UA. Outra é uma aula aberta com o próprio, às 18h00.

Enquanto aguarda sentado pelo início de um concerto, José Duarte já tem pensado na influência que a rubrica da sua autoria teve naquele e em muitos outros eventos de jazz: “‘O Cinco minutos…’ deve estar, de algum modo, relacionado com este concerto… Se não houvesse ‘Cinco minutos…’, não seria possível este concerto’”.  Apesar do contexto sociocultural antes, quando o “Cinco minutos…” começou, e depois do 25 de Abril de 1974, ser muito diferente, porque hoje há escolas, há músicos e concertos, o jazz ainda é, de certo modo, desconhecido: “Ainda falta aprender a ouvir jazz! E o jazz não se aprende, ensina-se.”, comenta.

“O ‘Cinco minutos…’ veio cortar o silêncio em Portugal em relação à música boa. Inequivocamente boa! O único contributo que veio dos Estados Unidos para o mundo da arte musical durante o século XX!...”, afirma Jazzé, como também é conhecido.

“Cinco Minutos de Jazz”

A rubrica "Cinco Minutos de Jazz", de, e apresentado por, José Duarte, começou precisamente a 21 de fevereiro. Corria o ano de 1966 e a rádio que o transmitia era a Renascença. Passou pela Rádio Comercial e mantém-se, desde 1993, na RTP-Antena 1, com incursões na RTP-Antena 2 pelo meio.

A 21 de fevereiro de 2017 a rubrica completa 51 anos de existência na rádio portuguesa.

Jazz: cada vez mais central na UA

A doação à Universidade de Aveiro da coleção de fonogramas, filmes, vídeos, imagens fotográficas, manuscritos, entre outros documentos, do divulgador de jazz José Duarte foi determinante na fundação do Centro de Estudos de Jazz, em 2007.

A partir dessa data o Jazz conquistou cada vez mais centralidade na Universidade de Aveiro, nomeadamente com o projeto “Mensageiros do Jazz: O papel dos divulgadores de Jazz em Portugal no século XX” (financiado pela FCT) (2010-2013), com o alargamento ao jazz da área de especialização em Performance do Mestrado em Música, e com os estudos desenvolvidos e em curso no âmbito do Programa Doutoral em Música. 

imprimir
tags
veja também