conteúdos
links
tags
Ensino e Formação
No ano letivo 2014/2015 estavam inscritos mais de 600 estudantes da CPLP
UA: um campus onde a língua portuguesa ganha diferentes sotaques
Campus multicultural
Tirar um Curso Técnico Superior Profissional (TeSP), uma licenciatura, mestrado integrado, mestrado, doutoramento ou pós-doutoramento na UA; frequentar determinadas unidades curriculares; permanecer um período de tempo nesta academia para participar numa formação específica; ou até adquirir conhecimentos para ingressar no ensino superior nacional (preUA) não é apenas uma escolha ao alcance dos estudantes portugueses. Os estudantes de nacionalidade estrangeira podem, através de diferentes regimes de ingresso, candidatar-se a frequentar a UA e a aqui formar-se.

A par dos estudantes internacionais que todos os anos passam um ou mais semestres na UA, através de programas de mobilidade como o Erasmus + ou outro tipo de acordos bilaterais, a Universidade de Aveiro tem atualmente no campus estudantes de várias nacionalidades que decidiram mudar de continente para aqui fazer na íntegra a sua formação académica.

O ingresso nos diferentes ciclos de ensino ministrados pela UA e pelas suas escolas superiores politécnicas pode fazer-se ao abrigo do regime geral, isto é: cumprindo os requisitos exigidos a qualquer candidato nacional para ingresso no ensino superior; pelo regime de candidaturas especiais, destinado a estudantes interessados em mudar de curso e a estudantes titulares de cursos médios ou superiores e, também, ao abrigo do concurso para Maiores de 23. Em todos estes casos, o procedimento de candidatura é igual ao exigido aos estudantes nacionais.

O ingresso dos estudantes estrangeiros numa qualquer formação ministrada pela Universidade de Aveiro pode ainda agora ser fruto de uma candidatura ao abrigo do estatuto do estudante internacional, criado pelo Decreto-Lei n.º 36/2014, de 10 de março, decorrer de um regime especial de candidaturas de estudantes Nacionais dos Países Africanos de Expressão Portuguesa (PALOP) ou ainda do Regime Especial de Acesso para Naturais e Filhos de Naturais do Território de Timor-Leste.

Paralelamente existem ainda acordos específicos entre instituições de ensino superior, como é por exemplo o caso do Programa de Formação de Docentes da Universidade Pedagógica de Moçambique na área das Geociências ou de uma formação intensiva complementar, que tem sido ministrada pela Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda a estudantes do Instituto Superior Politécnico de Benguela (Angola).

Novidade na UA este ano foi a criação do preUA - um programa modular de preparação para o acesso e a frequência de cursos de ensino superior (cursos de licenciatura e mestrado integrado) ajustável às necessidades e ao perfil do formando.

Para a pró-Reitora da UA, Marlene Amorim, não há dúvidas: “Os estudantes que decidem prosseguir os seus estudos de ensino superior num país estrangeiro, escolhem cada vez mais a Universidade de Aveiro pela experiência de aprendizagem única que a UA oferece, e que vai muito além da sala de aula.” E assegura: “Na Universidade de Aveiro, os estudantes têm a garantia de encontrar um ambiente de ensino e de investigação de qualidade, num Campus dotado das melhores infraestruturas, com professores e investigadores que integram redes internacionais de excelência”.

Eniz, Sara, Henriques, Sidney, Ferdial, Thainá, Iça, Cristina e as irmãs Edjane e Ivone são de estudantes oriundos dos países pertencentes à Comunidade Portuguesa de Língua Portuguesa (CPLP) que escolheram a UA pela reconhecida qualidade da formação que ministra, pelas infraestruturas de apoio ao estudo e nível de apetrechamento dos seus laboratórios, pela qualidade da sua investigação e pela excelência do seu corpo docente. A cidade é também considerada convidativa, encantadora, segura e tranquila, contribuindo para a boa integração de quem decide nela viver. Conheça os percursos, as motivações e a visão de alguns falantes da língua portuguesa dos diferentes ciclos de ensino sobre as mais-valias de estudar na UA.

 

imprimir
tags
veja também
 
outras notícias