conteúdos
links
tags
Entrevistas
Virgínia Granate a propósito dos seus 40 anos na UA
“O culminar de 40 anos de trabalho”
Virgínia Granate
“O culminar de 40 anos de trabalho” é o que significa para Virgínia Granate, professora do Instituto de Contabilidade e Administração da Universidade de Aveiro (ISCA-UA), o momento em que recebe a medalha pelos 40 anos de trabalho na Universidade de Aveiro (UA), numa cerimónia em que 172 funcionários foram distinguidos com as medalhas de 10, 20, 25, 30, 35 e 40 anos de serviço na UA.

- Como é que vê a evolução da UA ao longo destes 40 anos em que aqui trabalha?

Uma Instituição caraterizada por uma permanente mudança na sua cultura organizacional, facilitadora da criação de modelos pedagógicos e científicos de referência.

- O que significa para si este momento, em que vai receber a medalha dos 40 anos?

Significa o culminar de 40 anos de trabalho, no ensino superior, direcionado para um grande objetivo: ensinar, escrever e investigar, criando sinergias facilitadoras da integração, com sucesso, dos nossos alunos no mercado de trabalho.

- Ao longo destes 40 anos de trabalho na UA, há algum episódio (ou episódios) que a tenha marcado. Qual ou quais?

Uma marca positiva: A vivência democrática do processo eleitoral que acompanhou o início do regime fundacional da nossa Universidade – respirava-se liberdade!

Uma marca negativa: A insuficiência de mecanismos de regulação e controlo do insucesso académico de alunos e investigadores, especialmente aqueles ligados a programas de doutoramento.

imprimir
tags
veja também
 
outras notícias