conteúdos
links
tags
Campus
Programa Bolsa de Mérito Social dos Serviços de Ação Social da UA
Colaborar na UA em troca de apoio para que ninguém desista de estudar por razões económicas
Anabela Oliveira, diretora de serviços dos SASUA
Mais de três centenas de estudantes da Universidade de Aveiro (UA) colaboraram no último ano letivo em serviços da academia como forma de valorização individual e de apoio às despesas pessoais. O valor que receberam - um subsídio de 4.90 euros por cada hora de colaboração - fez, em muitos casos, a diferença entre continuar a estudar ou abandonar o curso por falta de recursos financeiros. Apoio em feiras do livro, em iniciativas de divulgação da UA, em conferências e eventos e em unidades alimentares, residências ou instalações desportivas foram algumas das missões entregues aos estudantes apoiados pelo Programa Bolsa de Mérito Social.

Criado em 2006 pelos Serviços de Ação Social da Universidade de Aveiro (SASUA), o Programa, suportado integralmente por receitas próprias da UA, destina-se essencialmente a estudantes com dificuldades económicas sendo, por isso, uma medida e forma de apoio social que visa promover uma efetiva igualdade de oportunidades no sucesso e frequência escolar.

“Esta Bolsa tem como objetivo minorar as dificuldades financeiras de alunos comprovadamente carenciados, proporcionando-lhes, ao mesmo tempo, a possibilidade de novas experiências que valorizarão o seu percurso académico enquanto promovem a sua participação social em atividades de complemento curricular de reconhecida relevância social e cívica”, explica Anabela Oliveira, diretora de serviços dos SASUA.

Nesse sentido, os estudantes abrangidos pela Bolsa podem colaborar em todas as atividades desenvolvidas pela UA, e que são tão amplas e abrangentes que vão desde tarefas administrativas ao atendimento ao público.

Ao longo do ano letivo 2013/14, um total de 330 alunos contactaram os SASUA mostrando disponibilidade para colaborar com a Universidade. “O número de inscritos na Bolsa de Mérito Social tem vindo a crescer ao longo dos anos", sublinha Anabela Oliveira. No mesmo sentido crescente, também as requisições dos serviços destes alunos acompanham o aumento no número de inscritos.

UA desdobram-se em apoios aos seus alunos

Como compensação pela colaboração com os diversos serviços e departamentos da UA, os estudantes da Bolsa de Mérito Social recebem um subsídio equivalente ao valor de duas senhas de refeição por cada hora de serviço prestado ou outro subsídio em espécie, sempre que, explica Anabela Oliveira, “esta modalidade se mostre mais adequada a colmatar as necessidades específicas do respetivo beneficiário”. Dependendo das tarefas em que colaboram, um estudante que participe no programa poderá ocupar, em média, quatro ou cinco horas diárias, num máximo de sessenta horas mensais. 

“Os serviços manifestam-se satisfeitos com o empenho e dedicação dos alunos às tarefas que lhe são confiadas”, aponta a responsável.

Estão inscritos na Bolsa de Mérito Social sobretudo alunos economicamente carenciados, deslocados do seu agregado familiar que não reúnem as necessárias condições para beneficiarem de uma bolsa de estudo e que, na sua maioria, frequentam os últimos anos dos seus cursos.

A Bolsa de Mérito Social é apenas uma das iniciativas que os SASUA, não querendo substituir-se ao papel do Estado na garantia da igualdade de oportunidades e no acesso e frequência do ensino superior, tem desenvolvido no âmbito do seu Modelo Social Interno a pensar nos estudantes que atravessam dificuldades económicas e que, por várias razões, não estão abrangidos pelos apoios estatais diretos.

O Apoio Social Ativo (através da entrega de um subsídio em dinheiro ou da atribuição de apoio para a alimentação e/ou alojamento), o Vale Social (que permite aos estudantes abrangidos terem refeições gratuitas nas unidades alimentares dos SASUA) ou uma redução no preço de alojamento das residências da UA, são outras das medidas que a UA definiu como apoio a quem dele mais necessita. Tudo isto para que nenhum estudante da UA abandone o curso por questões económico-financeiras. 

A inscrição na Bolsa de Mérito Social é anual pelo que todos os alunos que queiram colaborar com a UA, durante o ano letivo que está agora a iniciar-se, deverão inscrever-se aqui.

imprimir
tags
outras notícias