conteúdos
links
tags
Distinções
Investigadores do Departamento de Biologia da UA distinguidos pela FENCAÇA
Carlos Fonseca recebe Prémio “Investigação em Caça”
O investigador Carlos Fonseca (ao centro) com o troféu atribuído pelos caçadores portugueses
A FENCAÇA - Federação Portuguesa de Caça - distinguiu Carlos Fonseca, investigador do Departamento de Biologia (DBio) da Universidade de Aveiro (UA), e a repetiva equipa, com o Prémio “Investigação em Caça”. A cerimónia de entrega do troféu, que pela primeira vez enalteceu o trabalho de um investigador português, decorreu a 12 de maio, em Santarém, durante o XXI Encontro Venatório da 25.ª Feira Internacional da Caça e das Armas, um certame que juntou mais de 600 caçadores.

"É um prémio da FENCAÇA mas, acima de tudo, é um prémio e uma distinção dos caçadores portugueses pela grande relevância dos seus trabalhos de investigação em espécies de caça, de caça menor mas, especialmente, de caça maior [javali, veado, corço, gamo e muflão], nas áreas da ecologia, monitorização, gestão, genética e sanidade, por todo o país”, disse Jacinto Amaro, presidente da FENCAÇA, na hora da entrega da distinção ao investigador Carlos Fonseca.

Docente do DBio da UA e membro integrado do CESAM e da Unidade de Vida Selvagem, que coordena, Carlos Fonseca desenvolve uma extensa atividade de investigação em Portugal e noutros países europeus, africanos e da América do Sul, tendo iniciado o seu percurso científico estudando o javali nas suas diversas valências ecológica, económica e de gestão.

Este prémio foi entregue por Francisco Gomes da Silva, Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, que, durante o seu discurso, enalteceu a importância da investigação na caça e a sua relevância para uma gestão mais adequada e sustentada.

A cerimónia contou ainda com a presença de Capoulas Santos, deputado ao Parlamento Europeu e Presidente do Sub-Grupo Agricultura do Intergrupo Alterações Climáticas, Biodiversidade e Desenvolvimento Sustentável e Vice - Presidente do Intergrupo Caça Sustentável, Biodiversidade, Atividades Rurais e Florestas, de Arlindo Cunha e de João Barreto, vice-presidentes da FENCAÇA.

A Federação, que este ano comemora 20 anos de existência, tem uma abrangência nacional, possuindo mais de 1000 associados que representam mais de 100 mil caçadores nacionais.

imprimir
tags
veja também
 
outras notícias