conteúdos
links
tags
Campus
Doutor Honoris Causa da UA e primeiro presidente do Conselho Geral
Faleceu Alexandre Soares dos Santos
Soares dos santos_DHC
Alexandre Soares dos Santos, Doutor Honoris Causa da Universidade de Aveiro (UA), faleceu esta sexta-feira aos 84 anos. Antigo líder da Jerónimo Martins e um dos maiores empresários portugueses foi o primeiro presidente do Conselho Geral da UA, cargo que exerceu entre 2009 e 2014, e foi também membro do Conselho de Curadores da Academia, no período de 2016 a 2018, demonstrando um papel interventivo, de grande dinamismo e assumindo-se sempre como um agente de mudança.

Este ano, a 27 de março, Alexandre Soares dos Santos recebeu o Doutoramento Honoris Causa da Universidade de Aveiro, uma distinção que o homenageou o trabalho que realizou na presidência do Conselho Geral e no Conselho de Curadores.  “Este é, para mim, um dia muito feliz”, congratulou-se, nesse dia, Alexandre Soares dos Santos.

“Este Doutoramento Honoris Causa é uma homenagem a uma individualidade que personifica algo que é caro à UA desde a sua fundação”, disse Paulo Jorge Ferreira, reitor da UA, no dia em que a academia atribuiu o título ao primeiro Presidente do Conselho Geral.

“Quando a Universidade de Aveiro atribuiu a Alexandre Soares dos Santos o doutoramento honoris causa, não foi apenas o empresário inovador, de dimensão internacional, que se quis distinguir. Foi também o reconhecimento dos distintos contributos de Alexandre Soares dos Santos enquanto promotor da intervenção na sociedade, em áreas como a Educação, Economia, Investigação e Cultura. Alexandre Soares dos Santos, cuja vontade foi essencial ao estabelecimento de fundações ou obras sociais de elevado mérito, vocacionadas para o estudo dos grandes problemas nacionais, como forma de contribuir para a dignidade da pessoa humana, para a cidadania, para a solidariedade social, a democracia, a liberdade, a igualdade de oportunidades, o mérito e o pluralismo”, refere o reitor.

“Falar de Alexandre Soares dos Santos é falar de uma personalidade única e marcante. Foi o primeiro presidente do Conselho Geral da Universidade de Aveiro e integrou o seu Conselho de Curadores. Ao chegar a Aveiro, encontrou uma universidade que ao longo da sua existência se tinha mantido fiel a dois princípios fundadores: a internacionalização e a proximidade com as empresas, com a sociedade e com a região e que para isso tinha inovado na sua organização e forma de governo. Alexandre Soares dos Santos, que tanto prezava a independência e a inovação, teve particular intervenção nestas áreas – mantendo o seu apurado sentido crítico e de rigor em todas as decisões relativas à trajetória institucional”, recorda Paulo Jorge Ferreira.

O reitor destaca ainda a colaboração entre a Universidade de Aveiro e o grupo que Alexandre Soares dos Santos liderara. “Foi-se desenvolvendo, em várias frentes. São exemplos a cátedra e o protocolo de cooperação para o setor do Retalho e Distribuição, as bolsas aos estudantes do Mestrado em Gestão Comercial da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda e o protocolo com o ECOMARE”.

Também o diretor da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda (ESTGA), Marco Costa, realça a importância do protocolo de cooperação celebrado entre a UA e a Jerónimo Martins, assinado em junho de 2012, nas instalações da ESTGA, com vista a promover a formação de gestores que melhor se adequam ao setor do Retalho e Distribuição. Uma parceria que envolve a atribuição de bolsas aos estudantes da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda que ingressem no Mestrado em Gestão Comercial e estágios integrados no Grupo Jerónimo Martins aos alunos da Licenciatura em Gestão Comercial.

Se 27 de março foi um "dia feliz", como disse Soares dos Santos, 16 de agosto é um dia triste para a UA. "Do empresário Alexandre Soares dos Santos também ficará para a história este empenho em fazer mais pelo país, pela sociedade e pela educação – em suma, pelo futuro", afirma Paulo Jorge Ferreira, lamentando a enorme perda para o país e para a UA.

imprimir
tags
veja também